Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

Chegou a hora da gente conhecer os 20 grupos pré-selecionados para o Desafio Farroupilha, o reality de danças tradicionais gaúchas da RBS TV. Durante mais de dois meses,  prendas e peões de grupos adultos e juvenis invadiram as redes sociais com textos, fotos e vídeos, para responder a uma pergunta: porque merecem participar do especial? A partir de agora, até o dia 9 de abril, tu podes escolher no G1RS a tua invernada preferida. As oito mais votadas (adultas e juvenis) serão escolhidas para participar do reality.

 


Clique aqui e assista aqui algumas das melhores campanhas entre os 20 pré-selecionados.


Confira os 20 grupos selecionados:

GTC 20 de Setembro,  Xangri-Lá
DTG Amigos da Tradição,  Camaquã
CTG Bento Gonçalves, Santa Maria
DTG Camboatá,  Novo Hamburgo
CTG Campeiros do Sul, Alvorada
GDF Chão Batido, Ijuí
CTG Darci Fagundes, Guaíba
CFTG Farroupilha, Alegrete
Piquete Nativista Giruá,  Giruá
CTG Herança Paternal, Dom Pedrito
GAN Lagoa Vermelha, Lagoa Vermelha
DTG Lenço Branco, Santana do Livramento
DT Querência da Medianeira, Santa Maria
CTG Querência do Imbé,  Imbé
CTG Pelego Branco, Taquari
CTG Pialo da Saudade, Gravataí
CTG Porteira da Querência, Sarandi
PTG Rancho da Amizade, São Gabriel
CTG Reminiscências, Montenegro
CTG Sepé Tiarajú, Santa Rosa


por Giovani Grizotti
Fonte: blog Repórter Farroupilha
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

25ª Sapecada da Canção Nativa
Dia 12 e 13 de junho de 2017
Inscrições até 07/04/2017
Lages/SC

REGULAMENTO - INSCRIÇÕES

A Prefeitura do Município de Lages por meio da Fundação Cultural de Lages torna público para conhecimento dos interessados, que se encontra aberto o Edital de Credenciamento para SELEÇÃO DE MÚSICAS NATIVISTAS, para a 25ª SAPECADA DA CANÇÃO NATIVA, durante a realização da 29ª FESTA NACIONAL DO PINHÃO.

DO OBJETO: O objeto do presente edital é a SELEÇÃO DE MÚSICAS NATIVISTAS PARA o CONCURSO da 25ª SAPECADA DA CANÇÃO NATIVA, ano 2017, conforme características exigidas neste regulamento e seus anexos.

I - DOS OBJETIVOS:
Constituem objetivos da 25ª Sapecada da Canção Nativa:
1.1 - Preservar nossas raízes culturais, despertando o interesse dos compositores, poetas, pesquisadores, professores, estudanteoutros, para valorizar os temas nativos populares;
1.2 - Tornar símbolos da preocupação regional a expressão da arte, temas e ritmos nativos;
1.3 - Divulgar a cultura, a história e os costumes da região serrana;
1.4 - Ensejar o intercâmbio artístico-cultural dos segmentos musicais de nosso Estado e da região serrana com os demais Estados do país e com os países vizinhos.

II - DAS INSCRIÇÕES E DOCUMENTAÇÃO
2.1 - As inscrições para a 25ª Sapecada da Canção Nativa estarão abertas de 17 de março de 2017 até o dia 07 de abril de 2017;
2.2 - Deverão ser feitas prioritariamente de forma virtual, através do site www.lages.sc.gov.br, www.cultura.lages.sc.gov.br e www.sapecada.lages.sc.gov.br, somente por problemas técnicos e de acesso ao site a inscrição poderá ser feita pessoalmente ou via correio;
2.3 - Por ocasião da inscrição virtual, independente de quem realiza, deverá constar ficha de Inscrição com todos dados dos compositores de letra e música, a aceitação do regulamento, contendo a letra sem identificação da autoria e de um arquivo MP3 ou outro para cada composição, também sem identificação de autoria;
2.4 - As inscrições poderão ser feitas pelo correio, com correspondência para o endereço: na Rua Benjamin Constant, 141 - Centro, CEP 88 501 110 – Lages/SC, Fundação Cultural de Lages, que, para validade da inscrição, deverá ser entregue até a data limite prevista neste Edital;
2.5 - Somente por problemas técnicos e de acesso junto ao site. Neste caso as inscrições poderão ser feitas na Fundação Cultural de Lages, respeitando a data limite prevista neste edital;
2.6 - Poderão participar do festival, autores e compositores brasileiros e de outros países;
2.7 - Cada compositor, em seu nome ou em parceria, poderá inscrever no máximo sete (07) trabalhos, sendo, todavia, selecionados no máximo duas composição por autor;
2.8 - As composições deverão ser formadas por letras e músicas inéditas.
2.8.1 - Entende-se por inéditas aquelas letras e/ou músicas que não tenham se tornado de conhecimento público, total ou parcialmente, através de gravações em discos, CDs, DVDs, fitas, teipes e comerciais ou similares, podendo, no entanto, ter participado de eventos do gênero (outros festivais);
2.8.2 - O não ineditismo poderá ser objeto de denúncia às Comissões Julgadora e Organizadora, por escrito e com provas, impreterivelmente, antes que a composição seja gravada no CD do festival. Caso a denúncia ocorrer após gravação ou após a realização do Festival, sendo comprovada a irregularidade, a Comissão Organizadora tomará as providências legais. Sendo que os autores serão afastados do Festival no período de 02 a 10 ano;
2.8.3 - O compositor que enviar músicas e letras que já foram gravadas em CDs ou DVDs de outros festivais, mesmo sem lançamento, será eliminado da Sapecada e o compositor ficará impedido de participar nas duas próximas edições do Festival;
2.9 - Em caso da inscrição de composições (letra e/ou música) de autores já falecidos, deve ser anexada à ficha de inscrição uma autorização de herdeiros ou sucessores legais, com assinatura reconhecida em cartório.
2.9.1 - A qualidade de herdeiro ou sucessor deverá ser documentalmente comprovada.
2.10 - Por ocasião da inscrição, por quaisquer dos meios aqui previstos, a composição deverá conter, sob pena de desclassificação automática no ato da triagem:
2.10.1 - Uma ficha de inscrição para cada composição, devidamente preenchida e assinada pelos autores da letra e/ou música;
2.10.2 - A ficha de inscrição deverá estar acompanhada de oito (08) cópias da letra. Sem nenhum tipo de identificação dos autores, em envelope lacrado;
2.10.3 - Deverá constar nesta ficha o nome da pessoa responsável para o recebimento dos valores descritos e premiação, se for o caso. Deverá conter endereço, n.º do Cadastro de Pessoa Física – CPF, n.º do RG, dados bancários em nome da pessoa responsável, (banco, agencia, operação, conta), e impreterivelmente, nº do PIS ou PASEP;
2.10.4 - Um CD com a gravação da obra concorrente, feita em estúdio de sua livre escolha, já devidamente arranjada e finalizada, com qualidade técnica em condições de registro no CD da 25ª Sapecada da Canção Nativa e 17ª Sapecada da Serra Catarinense, no caso de inscrição no local ou via correio;
2.10.5 - A música enviada para a triagem será utilizada para a gravação do CD, contudo a coordenação do festival tem o direito de solicitar uma nova gravação a qualquer tempo.
2.10.6 - O compositor que inscrever mais de uma música poderá enviá-las num mesmo CD, desde que as mesmas sejam identificadas graficamente no lado externo.
2.10.7 - Não há limite de tempo de gravação de cada música, mas deve prevalecer o bom senso de cada compositor que cada música estará entre as 16 gravações para compor o “CD” da Sapecada.
2.10.8 - Na pré-seleção serão levados em conta o nível da gravação e sua qualidade técnica.

III - DA AVALIAÇÃO E SELEÇÃO DO CONCURSO
As avaliações e seleções dos inscritos serão feitas por uma comissão organizadora, formada por 07 (sete), pessoas especialistas em composição musical e/ou poética e ou de interpretação;
3.1 – A Comissão Julgadora da 25ª Sapecada será composta por pessoas de reconhecida capacidade no cenário cultural e nativista, a critério da coordenação das Sapecadas da Fundação Cultural de Lages;
3.2 - A Comissão Julgadora do Festival selecionará 16 (dezesseis) composições para a 25ª Sapecada da Canção Nativa, que serão somadas a 04 (quatro) composições premiadas na 17ª Sapecada da Serra Catarinense;
3.3 - As músicas premiadas em primeiro, segundo e terceiro lugares e a mais popular na 17ª Sapecada da Serra Catarinense concorrerão com as 12 músicas classificadas da 25ª Sapecada da Canção Nativa, para compor a fase final desta, conforme item III-3.7;
3.4 - A Comissão julgadora deverá também apontar 04 (quatro) músicas suplentes para substituição, no caso do impedimento de qualquer uma das selecionadas para a Etapa Nacional;
3.5 - Os dias e a ordem de apresentação das composições, bem como os horários de ensaio, serão definidos pela Coordenação do Festival logo após a triagem.
3.6 - A composição que não cumprir a ordem de apresentação em palco, definida pela Coordenação do Festival, terá uma redução de R$ 200,00 (duzentos) reais na premiação.
3.7 - Serão classificadas para a fase final 16 (dezesseis) composições, assim originadas:
3.7.1 - Doze (12) músicas da 25ª Sapecada da Canção Nativa;
3.7.2 - O primeiro, segundo e terceiro lugares da 17ª Sapecada da Serra Catarinense;
3.7.3 - A música mais popular da 17ª Sapecada da Serra Catarinense.
3.7.4 - As composições selecionadas que não possam se apresentar na ordem e dia definidos pela Comissão Organizadora serão automaticamente substituídas, pela composição suplente.

IV - DA APRESENTAÇÃO
4.1 - O número de componentes por música não poderá ser inferior a 03 (três), nem exceder a 08 (oito);
4.2 - Cada intérprete poderá defender no máximo duas (02) duas composições;
4.3 - Cada instrumentista e ou vocalista poderá defender no máximo 02 (duas) composições;
4.4 - Na apresentação das composições, deverão ser observadas as seguintes condições:
4.4.1 - Não será permitido o uso de camisetas por parte dos músicos;
4.4.2 - Os músicos deverão trajar preferencialmente indumentária gaúcha ou que se identifique com sua região ou com o tema apresentado.
4.4.3 - O músico que ler a letra da composição que está defendendo, com exceção da pauta musical, quando for o caso, estará automaticamente fora da competição específica de Melhor Intérprete.

V - DA PREMIAÇÃO
Os prêmios instituídos pela 25ª Sapecada da Canção Nativa, livre de impostos serão os seguintes:
5.1 - 1º lugar: troféu e R$ 12.000,00;
5.2 - 2º lugar: troféu e R$ 5.000,00;
5.3 - 3º lugar: troféu e R$ 3.000,00;
5.4 - Música Mais Popular: troféu e R$ 1.000,00;
5.5 - Melhor Intérprete: troféu e R$ 500,00;
5.6 - Melhor Instrumentista: troféu e R$ 500,00;
5.7 - Melhor Letra: troféu e R$ 500,00;
5.8 - Melhor Arranjo: troféu e R$ 500,00;
5.9 - Melhor Melodia: troféu e R$ 500,00;
5.10 - Melhor Conjunto Vocal: troféu e R$ 500,00;
5.11 - Melhor Tema Campeiro: troféu e R$ 500,00;
5.12 - Melhor Tema sobre a Região Serrana: troféu e R$ 500,00;
5.13 - A Música Mais Popular será escolhida pela imprensa presente no festival, mais o voto dos jurados, observada a reação do público;
5.14 - A premiação em dinheiro será depositada em conta corrente, condicionado a apresentação da documentação exigida, no item 2.10.3, no prazo máximo de dois dias úteis;
5.15 - Cada composição classificada na pré-seleção receberá importância de R$ 4.000,00 (quatro mil) reais, assim distribuídos:
5.15.1 - Um mil reais (R$ 1.000,00), pela entrega do CD com a música gravada (direito de arena), nas condições previstas no item 2.10.3;
5.15.2 - Três mil reais (R$ 3.000,00) reais, pela passagem de som no horário definido pela organização.
5.16 - A música que não passar o som será penalizada a critério das Comissões Organizadoras;
5.17 - O pagamento será efetuado através de deposito bancário, em conta corrente, condicionado a apresentação de documentação exigida, no item 2.10.3, no prazo máximo de dois dias úteis;
5.18 - As composições premiadas na 17ª Sapecada da Serra Catarinense receberão R$ 500,00 (quinhentos) reais, após sua apresentação na 25ª Sapecada da Canção Nativa, através de depósito bancário, em conta corrente, condicionado a apresentação de documentação exigida, no item VIII-8.3, no prazo máximo de dois dias úteis;
5.19 - Aos concorrentes serão disponibilizados, ainda, alojamento e café da manhã, assim como uma vaga de estacionamento (veículo) por música, com acesso ao parque, no dia da apresentação. Acesso gratuito aos artistas que subirão ao palco nos três dias de Festival.

VI - DA GRAVAÇÃO DO CD
6.1 - O CD do festival será duplo, gravado antecipadamente, e conterá as 16 composições participantes da etapa nacional e as 16 composições da etapa estadual;
6.2 - Observado o disposto no item VIII e sob pena de desclassificação das respectivas músicas, os compositores das canções selecionadas têm o prazo até o dia 30 de abril de 2017, para remeter a autorização de gravações, para o estúdio e uma cópia para Fundação Cultural, digitalizada, pelo e-mail: sapecada@lages.sc.gov.br, com assinatura reconhecida em cartório, para a publicação e divulgação das composições em CD e DVD do evento, bem como para a veiculação de imagem por quaisquer meios de comunicação;
6.2.1 - Também sob pena de desclassificação das respectivas músicas, os demais músicos (instrumentistas e vocais) que defenderem as composições selecionadas têm o prazo até o momento da apresentação da música, na fase eliminatória do festival, para outorgarem autorização, assinada, anexada cópia da identidade ou carteira de motorista, para divulgação, publicação e comercialização de suas participações nas composições em CD e DVD do evento, bem como para a veiculação de imagem por quaisquer meios de comunicação;
6.2.2 - O modelo para cada autorização prevista no item 6.2, deste artigo estará à disposição no site do festival;
6.3 - Cada composição classificada receberá cinco (05) CDs festival.

VII - DO JULGAMENTO
7.1 - A forma de julgamento será por notas e, como critério de julgamento, serão desconsideradas a maior e a menor nota, calculando-se a media aritmética simples das outras cinco notas através de um programa de informática aprovado pela Comissão Organizadora, observando-se os seguintes quesitos:
I – letra;
II – melodia;
III – arranjos;
IV – apresentação em palco.
7.2 - Caso haja empate na média final obtida pelas obras classificadas, como critério de desempate prevalecera o quesito indicado no inc. IV deste artigo.

VIII - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
8.1 - O não cumprimento do regulamento por parte dos inscritos ou a má fé com relação às inscrições poderá acarretar eliminação do compositor, músicos e interpretes de defender a composição em palco e nas próximas edições do festival, podendo ser cancelado o pagamento de premiação;
8.2 - O pagamento da premiação será de responsabilidade da Fundação Cultural de Lages e Prefeitura Municipal de Lages;
8.3 - Todos os pagamentos deverão ser realizados através de depósito em conta corrente, conforme, item VIII deste regulamento;
8.4 - Toda a estrutura para realização das Sapecadas deverá ser adequada, tais, como: palco, iluminação, arquibancadas, sonorização, lonas/barracão, secretaria, camarins, telões, elétrico, hidráulico, palco de jurados, palco imprensa, linhas de internet, etc. será de responsabilidade da CCO da Festa Nacional do Pinhão, Prefeitura Municipal de Lages, Fundação Cultural de Lages e empresas terceirizadas para organização da Festa Nacional do Pinhão.
8.5 - A Coordenação do festival estará assessorada na organização do festival também de pessoas (equipe) da sociedade civil conhecedoras do segmento nativista e musical, pelo zelo ao patrimônio imaterial de Lages. Sapecada da Canção Nativa e Sapecada da Serra Catarinense.
8.6 - As omissões e dúvidas suscitadas serão resolvidas, soberanamente, pelas Comissões Organizadoras (Prefeitura Municipal de Lages; Fundação Cultural de Lages; Coordenação e equipe) e/ou Comissão Julgadora, conforme o caso.

Lages, 15 de março de 2017.

Gilberto Ronconi - Mario Arruda
Sapecada da Canção Nativa
Sapecada da Serra Catarinense


Fonte: portal Identidade Campeira
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.
Foto: Tv Tradição

29ª FESTA CAMPEIRA DO RIO GRANDE DO SUL – FECARS – ROLANTE – 2017

RESULTADOS


LAÇO SELEÇÃO – TROFEU ALFREDO JOSÉ DOS SANTOS
1º Lugar:    23ª REGIÃO TRADICIONALISTA
2º Lugar:    7ª REGIÃO TRADICIONALISTA
3º Lugar:    5ª REGIÃO TRADICIONALISTA

LAÇO VETERANO
1º Lugar: JOÃO DE MOURA – GN NATIVOS DO ATLÂNTICO – ERECHIM – 19ª RT
2º Lugar: PEDRO JESUS GONÇALVES DOS SANTOS – CTG SINUELO DAS COXILHAS – ESPUMOSO – 14ª RT
3º Lugar: DIRCEU KNEVITZ – CTG CAMPO VERDE – CAMPO BOM – 30ª RT

LAÇO VAQUEANO
1º Lugar: CELSO DA SILVA LOPES – PL TRÊS ESTÂNCIAS – ROLANTE – 22ª RT
2º Lugar: LEODIR RODRIGUES PEDROSO – CTG RINCÃO SERRANO – CARAZINHO – 7ª RT
3º Lugar: DENIO BAGESTEIRO DE AGUIAR – CTG POTREIRO GRANDE – TRAMANDAÍ – 23ª RT

LAÇO PATRÃO
1º Lugar: ALDO SILVEIRA BRUM – GN PEDRO QUEBRA – TUPANCIRETÃ – 9ª RT
2º Lugar: RICARDO KRETZMANN – PQT AMIZADE SEM FRONTEIRA – MAURICIO CARDOSO – 20ª RT
3º Lugar: RICARDO RODRIGUES CARBONI – PL JÚLIO DOS SANTOS – PASSO FUNDO – 7ª RT

LAÇO CAPATAZ
1º Lugar: ALAN SOARES - PL SINUELO DO CERRITO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT
2º Lugar: FÁBIO GONÇALVES - CTG TAPERA VELHA – CAMPOS BORGES – 14ª RT
3º Lugar: LUAN ANGELO DA SILVA – CTG HERANÇA GAUDÉRIA – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

LAÇO COORDENADOR
1º Lugar: MATHEUS HENRIQUE PIERRI SALVADOR – CTG 20 DE SETEMBRO – MACHADINHO – 29ª RT
2º Lugar: ROBERTO DIEGO DE OLIVEIRA – PL CAPITÃO JANUÁRIO - JACUIZINHO – 14ª RT
3º Lugar: CARLOS HUMBERTO CONCEIÇÃO – CENTRO FARROUPILHA DE TRADIÇÃO GAÚCHA – ALEGRETE – 4ª RT

LAÇO DIRETOR CAMPEIRO DE RT
1º Lugar: EDSON RICARDO – PL JOÃO DE BARRO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT
2º Lugar: CARLOS ALBERTO DE MORAES – CTG NENÊ LIMA – CAPÃO BONITO DO SUL – 8ª RT
3º Lugar: JOSÉ ONOFRE FARIAS DA SILVA – PQT TRÊS PALMEIRAS – PALMEIRA DAS MISSÕES – 17ª RT

LAÇO BRAÇO DE OURO
1º Lugar: LUCAS MENDES DA ROSA - PL SÃO GERALDO – OSÓRIO – 23ª RT
2º Lugar: ARLAN TROMBINI SOARES – PT CAPRICHO DE PEÃO – SANTIAGO – 10ª RT
3º Lugar: ALAN SOARES – PL SINUELO DO CERRITO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT

LAÇO BRAÇO DE DIAMANTE
1º Lugar: ANGELITO CUSTÓDIO HERNANDEZ – CTG TAPERA VELHA – TUPANCIRETÃ – 9ª RT
2º Lugar: RODRIGO ELIAS ROCHA MORETTO – PL PORTEIRA DA COXILHA – COXILHA – 7ª RT
3º Lugar: ALAN SOARES – PL SINUELO DO CERRITO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT

LAÇO PAI E FILHO
1º Lugar: LUCAS DIAS JAVASQUE – DT QUERO QUERO e KAUAN DO AMARAL JAVASQUE – PT CAMPO A FORA – SANTIAGO – 10ª RT
2º Lugar: PAULO ROBERTO DUTRA BERGAMO e LUIZ OTHÁVIO BRAGAGNOLO BERGAMO – CTG RINCÃO DOS BÉRGAMOS – BARRACÃO = 29ª RT
3º Lugar: GARIBALDI NETO MAIDANA FERRAZ e ALAN DA SILVA FERRAZ – PL RODEIO TEATINO – SÃO MARCOS  – 25ª RT

LAÇO DUPLA DE IRMÃOS
1º Lugar: ARLAN TROMBINI SOARES – PT CAPRICHO DE PEÃO – SANTIAGO e ANDERSON TROMBINI SOARES – PT SENTINELA DO PAREDÃO – SÃO FRANCISCO DE ASSIS – 10ª RT
2º Lugar: LEONARDO RODRIGUES DA ROSA e RAFAEL DA ROSA RODRIGUES – PTG JALMENGO AZEVEDO – ROSÁRIO DO SUL – 18ª RT
3º Lugar: LUCAS FELIPE JAHNEL e MATEUS FERNANDO JAHNEL – CTG SENTINELAS DA TRADIÇÃO – IGREJINHA – 22ª RT

LAÇO GERAÇÃO
1º Lugar: SINVAL LIMA, LUIS HENRIQUE LIMA e THALLES DE FREITAS LIMA – PT FAZENDA DO CEDRO – SANTIAGO – 10ª RT
2º Lugar: ALVIM LOUZADA, LUIS ALBERTO LOUZADA E FELIPE DIAS LOUZADA, CCN SENTINELA DO RIO GRANDE – RIO GRANDE – 6ª RT
3º Lugar: WILMAR ALVES DA SILVEIRA – CTG ESTÂNCIA DA SERRA, VILNEI SILVA DA SILVEIRA e  LUAN ESPINDOLA DA SILVEIRA – PL GENERAL OSÓRIO – OSÓRIO – 23ª RT

LAÇO PIÁ /MENINA DUPLA
1º Lugar: LUCAS LORENZI PEREIRA – CTG MANECO RODRIGUES – SANTA MARIA e LUIS FELIPE MORAES CAVALHEIRO – PL ALMIRO BORGES – RESTINGA SECA – 13ª RT
2º Lugar: DANIEL DE BASTOS – CTG QUERÊNCIA DE NOVA HARTZ e MURILO FERNANDO AULER – CTG PEDRO SERRANO – SAPIRANGA – 30ª RT
3º Lugar: KAHUÃ RODRIGUES DA SILVA – CTG ÚLTIMA TROPEADA – GUAPORÉ e GUILHERME AUGUSTO OSMARINI BARRETO – CTG GAUDÉRIO SERRANO – BENTO GONÇALVES – 11ª RT

LAÇO GURI/GURIA DUPLA
1º Lugar: DAVI ZAMBIASI BENEDUZI – CTG CAPITÃO RIBEIRO – CAPITÃO e EDUARDO MAKIEL MARTINI – PQT CAVALEIROS DA ESTRADA – VENÂNCIO AIRES – 24ª RT
2º Lugar: FELIPE TROES – CTG TERRA NATIVA e GUSTAVO HENRIQUE DAUDT – PL CUCHO DAUDT – NOVO HAMBURGO – 30ª RT
3º Lugar: OCTAVIO AUGUSTO DA SILVA – CTG MOACIR DA MOTTA FORTES e EVANDER DOMINGUES MEIRELES – CTG LALAU MIRANDA – PASSO FUNDO – 7ª RT

LAÇO PRENDA DUPLA
1º Lugar: GABRIELE MACHADO SOARES – DTG MORADA DE GUAPOS – CANOAS e LAÍNE ARAÚJO – CTG QUERÊNCIA PAMPEANA – NOVA SANTA RITA – 12ª RT
2º Lugar: ABDIELA SOARES – PL SINUELO DE SÃO CHICO e TARLIS TOMASINI – PL CABANHA PARAÍSO - SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT
3º Lugar: BÁRBARA JULIA FICAGNA – CTG SINUELO DAS COXILHAS – ESPUMOSO e RADESH PARIZOTTO LAMAISON – CTG TRÊS COQUEIROS – SOLEDADE – 14ª RT

LAÇO INDIVIDUAL EQUIPE
1º Lugar: LUCAS MENDES DA ROSA - PL SÃO GERALDO – OSÓRIO – 23ª RT
2º Lugar: YURI DA SILVA TEIXEIRA – CTG PORTEIRA DO LITORAL – TERRA DE AREIA – 23ª RT
3º Lugar: BRUNO FREITAS GOMES – CTG SENTINELA DOS CERROS – CAÇAPAVA DO SUL – 18ª RT

VACA PARADA PIAZINHO DUPLA
1º Lugar: OTÁVIO SCHELL MACIEL – PL ALMA CAMPEIRA e JOSÉ HENRIQUE CASCONCELOS BAUMART – CTG QUERÊNCIA DO MUNDO NOVO – TRÊS COROAS – 22ª RT
2º Lugar: HENRIQUE AUGUSTO GRIFANTE – CTG O FOGÃO GAÚCHO – TAQUARA e MIKAEL MACIEL MARQUES – CTG QUERÊNCIA DO MUNDO NOVO – TRÊS COROAS – 22ª RT
3º Lugar: FREDERICO WEBER BERGAMO – PTG OS VAQUEANOS e MAURICIO RODRIGUES GOMES – PTG RANCHO DA AMIZADE – SÃO GABRIEL – 18ª RT

VACA PARADA PIAZINHO INDIVIDUAL
1º Lugar: OTÁVIO SCHELL MACIEL – PL ALMA CAMPEIRA – TRÊS COROAS – 22ª RT
2º Lugar: JOSÉ HENRIQUE CASCONCELOS BAUMART – CTG QUERÊNCIA DO MUNDO NOVO – TRÊS COROAS – 22ª RT
3º Lugar: MIKAEL MACIEL MARQUES – CTG QUERÊNCIA DO MUNDO NOVO – TRÊS COROAS – 22ª RT

VACA PARADA PIAZITO DUPLA
1º Lugar: FELIPE DE ANDRADE e MATHEUS DOS REIS MACHADO – PL LAGO VERDE – CANELA – 27ª RT
2º Lugar: ROMULO DE OLIVEIRA PEREIRA – PL CAPITÃO JANUÁRIO – JACUIZINHO e
GUILHERME COSTA GARDIN – PL OS GAUDÉRIOS DE SÃO DOMINGOS – ESPUMOSO – 14ª RT
3º Lugar: ARTHUR NUNES SILVEIRA – PL TIO ROSA – CIDREIRA e NICOLAS MOTTA MOREIRA – PL RINCÃO DO CAVALO – TRAMANDAÍ – 23ª RT

VACA PARADA PIAZITO INDIVIDUAL
1º Lugar: LEONARDO DE LIMA LUMMERTZ – PL LAGEADO BONITO – SÃO FRANCISCO DE PAULA – 27ª RT
2º Lugar: GUILHERME COSTA GARDIN – PL OS GAUDÉRIOS DE SÃO DOMINGOS – ESPUMOSO – 14ª RT
3º Lugar: GABRIEL SANTOS DA CUNHA – CTG ARGEMIRO MARTINS PINTO – SOLEDADE – 14ª RT

VACA PARADA PRENDINHA DUPLA
1º Lugar: EMANUELE VITORIA ARRUDA e THALITA TOMAZONI BERNARDO E SILVA –
CTG SENTINELA DO PAMPA – NONOAI – 19ª RT
2º Lugar: MYRELA SILVEIRA LESSA DA SILVA – PL RINCÃO DO CAVALO – TRAMANDAÍ e JÚLIA DA SILVA ROCHA – PL TROPEIROS DO PAGO – SANTO ANTONIO DA PATRULHA – 23ª RT
3º Lugar: LUISA BECKER SCHIMIDT e LARISSA BORGES BORTOLANZA –
CTG RANCHO DO CHIMARRÃO – IGREJINHA – 22ª RT RT

VACA PARADA PRENDINHA INDIVIDUAL
1º Lugar: KAMILLI VITÓRIA GOMES – CTG FRONTEIRA DO RIO GRANDE – VICENTE DUTRA – 28ª RT
2º Lugar: DANIELLY RACHOR DA COSTA – CTG CHEIRO DA TERRA – CANOAS – 12ª RT
3º Lugar: EMILY GRAZIELI SOARES – CTG SENTINELAS DA TRADIÇÃO – 22ª RT

VACA PARADA BONEQUINHA DUPLA
1º Lugar: MARIANA MARTINS DA SILVA – PL TRÊS PALMEIRAS e ISABELLI SILVEIRA GODOI – CTG MIGUEL ROCHA SAMPAIO – PALMEIRAS DAS MISSÕES – 17ª RT
2º Lugar: JULIA DE ABREU MACHADO – PL LAGO VERDE e EMANUELLY BASEI MACEDO – PL PRESILHA SERRANA – CANELA – 27ª RT
3º Lugar: MARIANA MACHADO RODRIGUES – PTG ESTÂNCIA DOS ROLANTE – PALMARES e RAFAELA SOUZA DOS SANTOS MARTINS – PL SANTA TEREZINHA - IMBÉ – 23ª RT

VACA PARADA BONEQUINHA INDIVIDUAL
1º Lugar: MARIANA MARTINS DA SILVA – PL TRÊS PALMEIRAS – PALMEIRA DAS MISSÕES – 17ª RT
2º Lugar: IMANUELY DOS SANTOS BARBOSA – CTG SENTINELA DOS PAMPAS – CANDELÁRIA – 5ª RT
3º Lugar: JULIA DE ABREU MACHADO – PL LAGO VERDE – CANELA – 27ª RT

RÉDEAS PIÁ
1º Lugar: JOÃO FRANCISCO DA CRUZ FACHINI – CTG QUERÊNCIA PAMPEANA – NOVA SANTA RITA – 12ª RT
2º Lugar: DIEGO HENRIQUE FONSECA RUBIN – PQT LOURIVAL DIAS DE FREITAS – URUGUAIANA – 4ª RT
3º Lugar: LAURO CARGNIN PEGORARO – CG PORTEIRA DA TRADIÇÃO – SANTA MARIA – 13ª RT

RÉDEAS GURI
1º Lugar: EDUARDO FLORES RAMOS – CTG ESTÂNCIA DA VENDINHA – TRIUNFO – 15ª RT
2º Lugar: JOSÉ GABRIEL DE OLIVEIRA – CTG PORTEIRA DA RESTINGA – PORTO ALEGRE – 1ª RT
3º Lugar: FELIPE FONSECA SOARES – PQT LOURIVAL DIAS DE FREITAS – URUGUAIANA – 4ª RT

RÉDEAS PEÃO
1º Lugar: ALECSANDRO ANTUNES CARUZO – CTG VAQUEANOS DA PRAIA DO PINHAL – BALNEÁRIO PINHAL
 – 23ª RT
2º Lugar: SOLANO CAVALHEIRO NUNES – CTG LENÇO BRANCO – SÃO GABRIEL – 18ª RT
3º Lugar: SANDRO FIUZA MOISÉS – CTG CAPITULINO VIEIRA – JACUIZINHO – 14ª RT

RÉDEAS VETERANO
1º Lugar: ANANIAS LADI DA COSTA – CTG SINUELO DO PAGO – JACUIZINHO – 14ª RT
2º Lugar: PAULO OSVALDO FELIX DOS SANTOS – PQT DESCANSO DO PINGO – VIAMÃO – 1ª RT
3º Lugar: VALTER CORREA – CTG TROPEIRO DOS CAMPOS NEUTRAIS – SANTA VITÓRIA DO PALMAR – 6ª RT

RÉDEAS MENINA
1º Lugar: EMANUELLI SILVEIRA AREND VARGAS – CTG TARUMÃ – SÃO GABRIEL – 18ª RT
2º Lugar: EMILY GARZIELI SOARES – CTG SENTINELA DA TRADIÇÃO – TAQUARA – 22ª RT
3º Lugar: GABRIELA LEOTE CALINO – GAG PIAZITOS DO SUL – CANOAS – 12ª RT

RÉDEAS GURIA
1º Lugar: THAYS KAYLANI SALES MACIEL – CTG PORTEIRA DA RESTINGA – PORTO ALEGRE – 1ª RT
2º Lugar: LIDIA MARIA PAGNONCELLI – CTG RETORNO A QUERÊNCIA – NOVA PRATA – 11ª RT
3º Lugar: GABRIELE MACHADO SOARES – DTG MORADA DE GUAPOS – CANOAS - 12ª RT

RÉDEAS PRENDA
1º Lugar: LAÍNE ARAÚJO – CTG QUERÊNCIA PAMPEANA - NOVA SANTA RITA – 12ª RT
2º Lugar: MONIQUE EVELIN TASCHETTO – CTG DESGARRADOS DA QUERÊNCIA – SAPIRANGA – 30ª RT
3º Lugar: JULIA WINCKEL AVILA – CTG TROPEIRO VELHO – PANAMBI – 9ª RT

CHASQUE
1º Lugar: CASSIANO PALMEIRA MARQUES – PL LAÇADORES DA QUERÊNCIA, VALMIR DE ANDRADE CORREA – CTG ANGELO FRANCISCO GUERRA, ALAN DA SILVA FERRAZ, JEAN GARCIA VIANA, LUCAS VANAZ – PL RODEIO TEATINO – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

2º Lugar: LUCAS MATUS LAUER, JARBAS TORNQUIST JUNKHERR – CTG ESTÂNCIA ALEGRE – SANTA CRUZ DO SUL, DIEGO RUTZ BARBOSA – CTG SENTINELA DOS PAMPAS – CANDELÁRIA, VASCO HENRIQUE PORTO BARROS – PL CABANHA QUINHECA – CACHOEIRA DO SUL, VOLNEI EDUARDO HOFF – CTG ESTÂNCIA FARROUPILHA – VERA CRUZ – 5ª RT

3º Lugar: MATIAS TRENTINI HARTEMANN, FELIPE TRENTINI HARTEMANN, ADILSON VASCONCELOS DA SILVA,
CASSIANO JANES DE ANDRADE – CTG MARCIANO BRUM – SOLEDADE, WILIAN BORGES DA SILVA –
CTG TAPERA VELHA – CAMPOS BORGES – 14ª RT

GINETEADA
1º Lugar: SÉRGIO TAIRONI DA SILVA LESSA – CN SERIEMA – OSÓRIO – 23ª RT
2º Lugar: JOÃO FELIPE LIMA RIBEIRO – DTG MORADA DE GUAPOS – CANOAS – 12ª RT
3º Lugar: PEDRO VARELA WESCHENFELDER – CTG MANGRULHOS DA SERRA – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

LAÇO CONSELHEIRO DE REGIÃO
1º Lugar:  THIAGO  CENTOFANTE – CTG RÈSTIAS DO PASSADO – PAIM FILHO – 29ª RT
2º Lugar:  JOSÉ ALVONI ARAÚJO SILVA – CTG QUERÊNCIA – CANELA – 27ª RT
3º Lugar:  LUIS ALBERTO ELY BERGAMASCHI – PQT INVERNADA DE GUAPOS – LAJEADO – 24ª RT

LAÇO NARRADOR
1º Lugar:  FÁBIO GONÇALVES DOS SANTOS – CTG TAPERA VELHA – ESPUMOSO – 14ª RT
2º Lugar:  LUIZ GUSTAVO M. DOS SANTOS – GTC 20 DE SETEMBRO – XANGRILÁ – 23ª RT
3º Lugar: DIEGO GUIMARÃES DE CAMPOS – CTG VOVÔ FLORIANO – CAXIAS DO SUL – 25ª RT

LAÇO AUTORIDADE
1º Lugar:  EVANDRO CARLOS KUWER – PL RODEIO DO LAGEADO – SÃO MARCOS – 25ª RT
2º Lugar:  CIRANO CAMARGO – CTG PORTEIRA DA AMIZADE – LAGOÃO – 14ª RT
3º Lugar:  PURANCI BARCELOS DOS SANTOS – CTG PORTEIRA DAS MISSÕES – 3ª RT

LAÇO PEÃO FARROUPILHA
1º Lugar: AGNALDO REIS – CTG SINUELO DO PAGO – URUGUAIANA – 4ª RT
2º Lugar: FELIPE DIAS LOUZADA – CCN SENTINELA DO RIO GRANDE – RIO GRANDE – 6ª RT
3º Lugar: ERNANI DE OLIVEIRA NUNES – PL TIMBAÚVA – PORTÃO – 15ª RT

TROFÉU CYRO DUTRA FERREIRA - Região Campeã da FECARS
1º Lugar: 23ª RT
2º Lugar: 7ª RT
3º Lugar: 14ª RT e 22ª RT


Fonte: blog do MTG-RS
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.
Luis Arthur Seidel e Thomas Machado - Semifinalistas do The Voice Kids


Luis Arthur Seidel, de 12 anos, faz parte do CTG Darci Fagundes, da cidade de Guaiba,cantou um clássico de Michael Jackson, conquistou todos os técnicos e carimbou o passaporte para a segunda temporada do The Voice Kids. O rei do pop é o maior ídolo do gaúcho de 12 anos: “Se não fosse por ele, não sei se estaria cantando”, afirma. Ele toca violão, guitarra e Cajon.

"Fiquei muito feliz de ter passado e também fiquei muito feliz pelos meus amigos, que fizeram apresentações muito bonitas. O público é uma das coisas mais importantes pro artista e ver que a maioria gostou da tua trajetória é muito gratificante. Minha expectativa pra próxima fase é conseguir me sair cada vez melhor e melhor para que o púbico goste. E me divertir também!" - Disse ao site G1

Já Thomas Machado faz parte de uma dupla com seu irmão, em Estancia Velha: 'Os Irmãos Machado'. Aos 9 anos, com dois CDs gravados e, ainda, apadrinhados por nada mais, nada menos que Gildinho, do grupo 'Os Monarcas', Thomas aparece sempre pilchado em suas apresentações no reality da rede Globo. Suas músicas são escolhidas o mais aproximado possível da regionalidade: Beijinho Doce e Menino da Porteira.

Dois meninos que representam o estado do Rio Grande do Sul e, além disso, uma estado com uma cultura própria. Mesmo sem estar pilchado, com vestimentas que representam o jeito de vestir deste estado, Luis Arthur Seidel é um tradicionalista de marca maior. Grande dançarino, do CTG Darci Fagundes, de Guaíba, instrumentista, cantor...  Nosso estado está muito bem representado pelos dois grandes talentos.

Opinião do Blog: As vezes vemos pessoas discutindo quem é mais gaúcho, se é por estar pilchado, se é por cantar música regional gaucha, sertaneja de raíz... Na verdade estamos diante de dois jovens talentos que cantam nossa terra e não escondem isso. Maria Alice, de Livramento, não deixou por menos e tascou um: "Ahhh, Livramento me espera..." - quanto orgulho aquele povo sentiu naquele momento daquela menina.

São poucas as oportunidades e os jovens talentos que lá estiveram, desde o ano passado como a Maria Fernanda Costa, este ano com a Anna Lira, a Letícia, a Isabelle, o Thomas, o Luis Arthur souberam muito bem representar o nosso estado. Quem for torcer não torça pela pilcha, não torça pela cidade... Torça por eles. Eles são o Rio Grande lá. Parabéns Família Machado. Parabéns Familia Seidel Souza. Parabéns Família Rio Grande do Sul.


Fonte: blog do Rogério Bastos
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

Buenas amigos, acabo de receber a triste notícia de que a 37ª edição de um dos rodeios mais importantes do Rio Grande do Sul foi cancelado. O pronunciamento foi feito agora a pouco na página da Prefeitura Municipal de Osório. Segue abaixo o pronunciamento:

O prefeito Eduardo Abrahão juntamente com o Secretário de Desenvolvimento, Planejamento e Turismo, Rossano Teixeira, reuniu-se na tarde desta segunda-feira (20/03) em seu gabinete com os patrões das entidades tradicionalistas de Osório e coordenador da 23ª Região Tradicionalista Rozimar da Silva Ferreira para discutir sobre a realização do 37ª Rodeio Crioulo Internacional de Osório.

Na ocasião, o prefeito apresentou a planilha dos investimentos feitos desde o ano de 2012, identificando histórico de alto custo e também o levantamento dos valores para a realização da 37ª edição, prevista para maio deste ano, elaborada por uma comissão com representantes da Secretaria, campeira, gineteada, artística e tafona.

Após os levantamentos e em consequência do momento difícil pelo qual passa o País, Estado e municípios, prezando pela qualidade do evento que é referência no RS e a necessidade da realização de outras obras, resolveu que o evento será realizado bienal, ou seja, que a 37ª edição ocorrerá somente em 2018.

Em entendimento a situação, a 23ª RT juntamente com os patrões presentes, se colocou a disposição para encontrar alternativas para realização de um evento de cunho tradicionalista durante a data prevista para o Rodeio de Osório, com apoio da Prefeitura.

Além do prefeito Eduardo Abrahão e o Secretário de Desenvolvimento, Planejamento e Turismo, Rossano Teixeira participaram da reunião o presidente da Câmara de Vereadores Martim Tressoldi; coordenador da 23ª RT Rozimar da Silva Ferreira; capataz do Piquete General Osório, Domingos Brum; patrão do Celeiro da Amizade, Renato Moraes; patrão do PL Anphilóquio Dias Marques, José Carlos Moreira; patrão do PL Tropeiro Velho, Rogério Correa Garboski; patrão da Associação Cultural Querência do Olho Negro, Jairo Luiz da Silva Terra; patrão CCT Bonsan Adair da Silva Garcia; patrão do PL Guardiões do Pampa Maiquel Moreira; patrão do PL Herança Gaudéria Vicente Pereira; patrão do PL Galpão Herança de um pago Ademar Camargo; patrão do Centro Nativista Seriema, Airton Ferreira; patrão do PTG Bocal de Prata, Julio Cesar Lima; patrão do PL vento Xucro, Márcio Peixoto; patrão do CTG Estância da Serra, Laureano Pacheco e Patrão e os membros da comissão Cláudio Vargas; Julio Ribas, Adriano Lima, Adriana Sperandir e Fernando Alves.


Fonte: https://www.facebook.com/PrefeituraDeOsorio/ e portal Identidade Campeira
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.
Peões Farroupilha 2016 vão recepcionar os candidatos durante entrevero cultural
Foto: Prefeitura Municipal de São Sebastião do Caí


Estamos nos aproximando de mais uma edição do Entrevero Cultural de Peões, Guris e Piás do Rio Grande do Sul, e como já acontece a alguns anos, a TV Tradição solicita que os concorrentes enviem para divulgação uma foto sua, a ser publicada na página oficial da TV no facebook.


Quem ainda não mandou a sua foto, pode entrar em contato com a TV Tradição via facebook, ou e-mail tvtradicao@tvtradicao.com.br.

Piá Farroupilha

Luan Dias de Ávila
DTG Caiboaté - Guaíba
1ª Região Tradicionalista

 Alef Corin Pinto
CFTG Farroupilha - São Borja
3ª Região Tradicionalista

Rafael Pereira da Costa
DTG Clube Juventude - Alegrete
4ª Região Tradicionalista

 João Vitor Falabrette Rigo
CTG Felipe Portinho - Marau
7ª Região Tradicionalista

 Tobias Hettwer dos Santos
CTG Tropeiro Velho - Panambi
9ª Região Tradicionalista

Felipe Zilli Salvalaggio
CTG Querência do Prata - Nova Prata
11ª Região Tradicionalista

 Gustavo de Souza Moreira
CTG Mata Nativa - Canoas
12ª Região Tradicionalista

 Lorenzo Sarmento dos Santos
CPF Piá do Sul - Santa Maria
13ª Região Tradicionalista

 Ismael Oliveira de Lima
CTG Camaquã - Camaquã
16ª Região Tradicionalista

Saullo Guilherme dos Santos Dutra
CCTG Lila Alves - Pinheiro Machado
21ª Região Tradicionalista

 Nicolas Spiecker da Costa
CTG Os Tauras da Colina - Igrejinha
22ª Região Tradicionalista

Bernardo Silveira Teixeira
CTG Sinuelo do Sul - Pelotas
26ª Região Tradicionalista

Guri Farroupilha

Lucas Moreira Lopes
35 CTG - Porto Alegre
1ª Região Tradicionalista

Fernando Grazioli Freitas
DTG Polivalente - São Jerônimo
2ª Região Tradicionalista

Pedro Ernanni Dornelles Lago
CTG Tropilha Crioula - São Borja
3ª Região Tradicionalista

Fábio Wilmar Mazzini Marques
CTG Sentinela do Jarau - Quaraí
4ª Região Tradicionalista

 Allan Cid de Andrade
CTG Sinuelo da Liberdade - Encruzilhada do Sul
5ª Região Tradicionalista

 João Pedro Mendonça Prestes
CCN Sentinela do Rio Grande - Rio Grande
6ª Região Tradicionalista

Luis Felipe Baranzelli
CTG Unidos do Pampa - Charrua
7ª Região Tradicionalista

 Lucas da Silva Jardim
CTG Tropeiro Velho - Panambi
9ª Região Tradicionalista

Arthur Pizzato
CTG Pousada do Imigrante - Nova Bassano
11ª Região Tradicionalista

 Léo Bruno de Souza Moreira
CTG Mata Nativa - Canoas
12ª Região Tradicionalista

 Eduardo Morais Brum
CTG Sincero Lemes - Vila Nova do Sul
13ª Região Tradicionalista

William Thomas Paiva
CTG Querência da Serra - Salvador do Sul
15ª Região Tradicionalista

 Gabriel de Freitas Larroza
CTG Sepé Tiaraju - São Lourenço do Sul
16ª Região Tradicionalista

André de Oliveira Barreto
GAN Campo Aberto - Bagé
18ª Região Tradicionalista

 Yuri Della Costa
CTG Sentinela da Querência - Erechim
19ª Região Tradicionalista

Dhyon Gabriel Gross
CTG Epopeia Farroupilha - Humaitá
20ª Região Tradicionalista

 Wesley Donato Ribeiro de Jesus
CTG Os Tauras da Colina - Igrejinha
22ª Região Tradicionalista

Felipe Cardoso Floriano
CTG Porteira Gaúcha - Torres
23ª Região Tradicionalista

Gabriel Ferreira
CPF Terra de um Povo - Venâncio Aires
24ª Região Tradicionalista

José Rafael Turella Soares
DTG Herança da Tradição - Flores da Cunha
25ª Região Tradicionalista

Eduardo César Fiori da Silva
CTG Sinuelo do Sul - Pelotas
26ª Região Tradicionalista

Luiz Fernando Kerschner
CTG Querência - Canela
27ª Região Tradicionalista

Lucas Vinicios Ott
CTG Querência de Nova Hartz - Nova Hartz
30ª Região Tradicionalista

Peão Farroupilha

Renan Bezerra Marques
CTG Porteira da Tradição - Eldorado do Sul
1ª Região Tradicionalista

Robson Thomas Ribeiro
CTG Tropilha Crioula - Tuparendi
3ª Região Tradicionalista

Sthéfano Marçal Jaques
CTG Oswaldo Aranha - Alegrete
4ª Região Tradicionalista

Gabriel da Silva Gomes
CCN Sentinela do Rio Grande - Rio Grande
6ª Região Tradicionalista

Leonardo do Amarante Pinheiro
CTG Felipe Portinho - Marau
7ª Região Tradicionalista

Gabriel Bitelo Amaral
CTG Rancho da Integração - Vacaria
8ª Região Tradicionalista

 Eloir Wichinheski Junior
GF Chaleira Preta - Ijuí
9ª Região Tradicionalista

Guilherme Machado Dutra
CTG Sentinela da Serra - Garibaldi
11ª Região Tradicionalista

Marcos Antonio de Oliveira Junior
DTG Noel Guarany - Santa Maria
13ª Região Tradicionalista

Leandro José Steffen
CTG Porteira Aberta - Bom Princípio
15ª Região Tradicionalista

Guilherme Berdian Machado
CTG Galpão Campeiro - Erechim
19ª Região Tradicionalista

 Julio Bartzen de Araújo
CTG Fogão Gaúcho - Taquara
22ª Região Tradicionalista

 Jhonatã Reis Leindecker
Sociedade Gaúcha Lomba Grande - Novo Hamburgo
30ª Região Tradicionalista


Estes são os piás, guris e peões que estarão nos dias 6 a 8 de abril em busca de um título Estadual, na cidade de São Sebastião do Caí, na 15ª RT.

Para ver as fotos e saber mais, clique aqui.


Fonte: blog Cantinho Gaúcho, de Carolina Bouvie
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.
Agricultores de Venâncio Aires, detentora do título de "capital nacional do chimarrão", estão destruindo os pés de erva-mate devido à queda do preço pago aos produtores. As ervateiras, empresas que preparam e embalam a erva para a venda, pagam R$ 8,00 aos agricultores por arroba (15 quilos). Em 2014, o valor da arroba chegou a R$ 18,00. Cada arroba resulta em sete quilos de erva-mate para venda.

Nos supermercados gaúchos, a erva-mate é vendida por R$ 10,00 o quilo, em média. Em 2013 e 2014, o consumidor pagou cerca de R$ 15,00 por um quilo do produto. "Foi difícil até decidir arrancar as plantas. Eu me criei cortando erva. Agora não dá mais, o valor pago está muito baixo, meus músculos não aguentam mais e não tenho ninguém para me substituir", diz o agricultor João Nilson da Silva, 67, que arrancou seis hectares de erva-mate no ano passado

"O grande vilão da história é o preço pago para o produtor", diz Sandra Wagner, diretora do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Venâncio Aires. De acordo com a diretora, a valorização da arroba gerou uma corrida na produção, e agora há excesso, o que desvaloriza o produto.

Em 2014, o Rio Grande do Sul colheu 276.232 toneladas de erva-mate, ante 128.300 toneladas em 1990. Como a planta é colhida, em média, de dois em dois anos, quem plantou no auge agora vê o produto desvalorizado.

A diretora diz que a maioria dos agricultores está substituindo a erva-mate por plantação de aipim, que se adapta bem ao solo da região. Apesar da alcunha de capital do chimarrão, Venâncio Aires já não é a líder no ranking de produção de erva-mate e de área plantada. O líder em plantação no Estado e, hoje, Ilópolis, cujo nome é derivado de Ilex paraguaisensis, o nome científico da erva-mate. "O que está ocorrendo é um ajuste de produção. São arrancados os ervais que não estão bem", afirma Gilberto Luiz Heck, proprietário da ervateira Elacy.

A empresa tem sede em Venâncio Aires, mas a maior parte da matéria-prima vem do Paraná. Heck estima que o setor tenha um crescimento de 30% na produção em 2017. "É até preocupante. Não estamos conseguindo aumentar a demanda de consumo"

Fonte: Jornal do Comércio de dia 13 de março de 2017.