Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

Estimados amigos, estamos passando por uma nova remodelação na página para melhor servi-los. Nossa previsão de termino dessa remodelação é amanhã (quinta-feira, 23 de fevereiro). Na sexta-feira, 24 de fevereiro, pela manhã, estaremos trazendo uma gama de novas publicações.

Agradecemos a compreensão.

Att,
Ítalo Dorneles - editor - Canguçu/RS
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.


O ano letivo no CEAT iniciará também com atividades no Teatro. No dia 18 de fevereiro o local receberá a apresentação da cantora Shana Müller. Será o início da turnê de 2017 do DVD Canto de Interior, lançado em agosto de 2016, em Porto Alegre. O DVD e o show foram apontados entre os cinco melhores de 2016 pela crítica especializada. Shana é hoje eferência no cenário regional da música, apresentadora do Programa Galpão Crioulo e jornalista focada nos assuntos do Rio Grande do sul.

Sobre o show Canto de Interior
Dia: 18/02/2017
Hora: 20h30min
Local: Teatro CEAT
Os ingressos para o show estão a venda na Secretaria do CEAT Lajeado ao custo de R$ 25,00 para a comunidade escolar e R$ 50,00 para a comunidade em geral.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3748-7000 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..">info@ceat.net.

Sobre o DVD Canto de Interior
Gravado na quarta colônia de imigração italiana do RS, dentro de um galpão de pedras numa propriedade rural, o DVD apresenta um repertório regional com linguagem universal. Uma viagem musical entre ritmos sul-americanos, apresentam a versatilidade da cantora e seu cuidado como intérprete em alcançar os mais diferentes públicos. “Minha música busca mostrar uma regionalidade do campo e da cidade. Por mais que não tenhamos experiência no campo, no meio rural, todos nós nos identificamos com um canto interiorano, como um lugar que também é nosso”, afirma a cantora.
O DVD foi apresentado por primeira vez no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, e foi sucesso de crítica. Depois de um breve período longe dos palcos devido a chegada do seu filho, Gonçalo, a cantora inicia em Lajeado a turnê de divulgação desse trabalho que conta no palco com um quinteto: Cristian Sperandir (piano), Felipe Barreto (violão e guitarra), Lucas Esvael (baixo), Glauco Vieira (acordeon)e Vaney Bertotto (bateria). O Show e o DVD tem a direção musical de Duca Leindecker.

Sobre o Teatro CEAT
Inaugurado em agosto de 2016, o Teatro CEAT integra a estrutura do prédio novo do colégio, inaugurado em 2013. Com área total de 1.173 metros quadrados, o teatro segue os moldes das grandes casas de espetáculo do Brasil e pode receber aproximadamente 540 pessoas.
O projeto está intrinsecamente ligado à identidade e à história do CEAT. De acordo com o diretor geral, Rodrigo Ulrich, “as artes sempre estiveram presentes no projeto pedagógico do colégio, expressadas pela música coral e instrumental, dança e teatro, confirmando que a promoção da cultura é tarefa do educandário”.


Fonte: portal CEAT - Valor em educação
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.
Crédito: Divulgação


Ainda não tem data definida e dificilmente será em março, como de costume, mas um dos organizadores do Reponte da Canção, de São Lourenço do Sul, Adão Quevedo, garante, em entrevista ao ABC do Gaúcho: “Estamos trabalhando incansavelmente para realizar a 33ª edição, neste ano.”

Quevedo, compositor premiado nos festivais do Estado, é o Coordenador de Cultura da nova administração, e já presidiu várias edições do Reponte. E ele também adianta: “Também iremos retomar o Seival da Poesia”. O Seival, festival de poemas foi suspenso há alguns anos e em suas edições reuniu grandes poetas e declamadores do Estado.

“Estamos tentando realizar o festival com recursos do Ministério do Turismo e se der tudo certo talvez ele se realize em maio. Senão, no máximo em novembro”, garante Quevedo, reiterando que apesar da crise financeira do Estado e País, todos os esforços serão feitos para que o festival, considerado um dos mais importantes do Estado, não deixe de ser realizado.

por Tânia Goulart
Fonte: ABC do Gaúcho
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

A quarta  temporada do Desafio Farroupilha, o reality gauchesco da RBS TV, já começou. Para disputar uma das oito vagas, grupos de danças adultos e juvenis podem se inscrever para o Desafio, postando fotos, textos e vídeos nas redes sociais, com a hashtag #desafiofarroupilha2017, dizendo porque merece participar do programa. Para facilitar a identicação das postagens, também pode ser utilizada a hashtag com o nome do CTG. Por exemplo: #CTGTiarayu. Podem participar dançarinos dos estilos “Enart” e “Paixão Côrtes”. A produção lembra que vale tudo para chamar a atenção de César e Rogério, os apresentadores do especial. Depois, os 20 grupos que postarem as campanhas mais abrangentes e criativas serão submetidos a uma votação popular, via G1RS, que irá escolher os oito semi-finalistas.

A segunda etapa do reality apresentará aos selecionados um “desafio” relacionado à educação em escolas públicas. Esse desafio será divulgado aos participantes no mês de abril. Os dois finalistas serão escolhidos no  mês de junho, durante apresentação dos concorrentes a um grupo de jurados, no Sarau de Artes Gaúchas do CTG M’ Bororé, em Campo Bom dia 9 de junho. A esses finalistas, será apresentado o segundo “desafio”. O grande vencedor  do reality será revelado durante a Semana Farroupilha, em transmissão ao vivo. O reality será exibido em sete episódios, a partir de 12 de agosto, sempre aos sábados, no Jornal do Almoço.

- O reality conquistou espaço não apenas como programa de televisão, mas como uma contribuição e compromisso com o universo cultural de nosso estado”, observa o músico César Oliveira.

O “Desafio Farroupilha” teve início em 2014, quando o músico Cristiano Quevedo cumpriu a missão de  aprender a laçar. Na segunda temporada, em 2015, César Oliveira e Rogério Melo foram desafiados a escolher o novo talento da música gaúcha: o cantor Fernando Saccol, de Santa Maria. Ano passado, o reality  partiu para o segmento das danças tradicionais gaúchas, que, segundo cálculos do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), reúne 29 mil dançarinos em pelo menos 1,2 mil invernadas de danças. O grande campeão foi o  CTG Tiarayu, de Porto Alegre, que venceu o desafio de transformar em dança uma carreira de cancha reta, tradição típica do interior do Rio Grande do Sul. O CTG Ronda Charrua, de Farroupilha, foi o segundo colocado. Já o Grupo de Artes Nativas Ivi Maraé, de São Leopoldo, foi escolhido o mais popular.


por Giovani Grizotti
Fonte: Repórter Farroupilha junto ao portal G1
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

CON MUCHO FOLCLORE Y ENERGÍA, SOLEDAD PASTORUTTI Y EL CHAQUEÑO PALAVECINO SE PRESENTARON EN LA SEGUNDA NOCHE DE LA 47º EDICIÓN DE LA FIESTA NACIONAL DE LA CHAYA, ANTE MÁS DE 10 MIL PERSONAS.

Con una intensa lluvia, el público comenzó a ingresar desde temprano al Autódromo de la Ciudad de La Rioja para comenzar a tomar sus ubicaciones y prepararse para una jornada a puras chayas y folclore tradicional.

A las 22, cuando el clima parecía no dar tregua, se presentó, en el escenario principal, Los Changos de la Yapa para dar paso al inicio musical de la segunda noche del festival chayero.

Hernán Lombardi, ministro de cultura, habló con Cadena 3 y dijo: “Estamos bárbaro acá en La Rioja, este año hemos podido pasar 14 festivales televisados, para poder mostrar esta potencia cultural que tiene la Argentina, cada vez un pasito más adelante”.

Previo a los espectáculos principales de la noche, quienes invitaron a bailar y cantar a todos los presentes fueron los grupos: Trival, Challay Huasi, La Morena, Orozco Barrientos, Germán Nieto, Jorge Coria Peñaloza, Chacho Tejada, El Valijazo.

El cordobés de nacimiento pero riojano de alma, Emiliano Zarbini, se presentó a la medianoche en el escenario mayor del Autódromo de la Ciudad de La Rioja. Aplaudido por todos los espectadores, Emiliano brindó un show de categoría internacional.

Cuando el reloj marcó la 1.15 la lluvia paró y el público comenzó a ingresar incesantemente al predio. Para ese momento los músicos del Chaqueño Palavecino ya se encontraban sobre el escenario preparando sus instrumentos.

Siendo la 1.30 Oscar Esperanza Palavecino más conocido como el Chaqueño Palavecino subió al escenario del Autódromo de la Ciudad de La Rioja y allí hizo un pequeño repaso por sus grandes éxitos. Arrancó su espectáculo con “Bermejo de una zamba”, fue ovacionado por todos los presentes.

Siendo las 3 de la mañana, y con una luna llena que iluminada el Autódromo, Soledad Pastorutti subió al escenario mayor y fue recibida con numerosos aplausos.

La cantante de Arequito brindó un extenso show en el que tocó sus clásicos, estrenó canciones, agradeció al público por su “aguante”, hizo cantar a todos, la cubrieron de harina y serpentina y fue ovacionada.



Fonte: Informe de Eduardo Germán y Orlando Morales / Cadena 3
Portal da Soledad Pastorutti
Blog destinado a divulgação da cultura gaúcha como um todo: shows, festivais, cultura, história, curiosidades. Enfim, tudo da cultura gaúcha.

As cenas parecem ter saído de um filme de época, ao estilo O Tempo e o Vento. Ou, quem sabe, flagradas de alguma batalha da Guerra dos Farrapos. Mas são, na verdade, da festa de aniversário à moda gaúcha, organizada no fim de semana, em Uruguaiana,  pelo agropecuarista e criador de cavalos  Francisco Bastos, 43 anos,  referência nacional entre os crioulistas. O próprio anfitrião fez questão de se vestir (ou pilchar) à rigor, com direito à ceroula, chiripa e botas de garrão de potro (veja foto abaixo). Não faltaram convidados ilustres, como o multi-campeão de Barretos, Leandro Baldissera, os poetas Gujo Teixeira e Rodrigo Bauer, o Joca Martins, o Mano Lima.


-Desde os 14 anos eu comemoro o meu aniversário dessa maneira. E cada vez mais toma com uma proporção maior, vem gente de todo Brasil, da Argentina, do Uruguai. É uma festa gaúcha e de alma pura. As pessoas chegam na estância e deixam seus problemas lá fora. Vem pra confraternizar coisas boas. São pessoas de alma gaúcha, afirma Bastos, sobre os 250 convidados que confraternizaram em três dias de festa.O entrevero na estância teve tudo o que uma festa gaúcha tem que ter: paleteada, gineteada, marcação e castração a pealo, e claro, muita música e churrasco. “O aniversário do Chico está se transformando numa Barranca. Vem gente de todos os lados pra confraternizar com ele e seus irmãos”, afirma o fotógrafo Eduardo Rocha, que documentou a festança na Cabanha do Barulho, propriedade de Bastos com 1650 hectares, onde são criados 600 cavalos crioulos.

Descendente de uma família que chegou a Uruguaiana em 1813, o anfitrião diz que o encontro  foi mais que uma festa de aniversário. Foi um culto às tradições que ele tanto respeita, admira e vive no dia-a-dia:

-Eu prefiro morrer antes do que ver a tradição acabar, acho que eu te resumo assim, em poucas palavras, o que é ser gaúcho, afirma.

Parabéns Chico Bastos!


por Giovani Grizotti
Fonte: Repórter Farroupilha junto ao portal G1