Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE

Custom Header

{fbt_classic_header}

Últimos chasques

latest

Morre o tradicionalista e ex-presidente do MTG Zeno Dias Chaves

Foto: Divulgação Morreu na noite da última quarta-feira em Caçapava do Sul o tradicionalista, pecuarista, político, historiador e escri...

Foto: Divulgação

Morreu na noite da última quarta-feira em Caçapava do Sul o tradicionalista, pecuarista, político, historiador e escritor Zeno Dias Chaves, aos 91 anos. Figura ilustre em Caçapava do Sul, recebeu inúmeras homenagens no tradicionalismo devido a sua atuação na área. Seu Zeno, como era conhecido, completaria 92 anos nesta sexta-feira, dia 12.

Nascido na Fazenda Cerro Colorado, distrito de Seival, interior do município de Caçapava do Sul, Zeno Dias Chaves era casado com Isaura Ferreira Chaves, com quem teve três filhos.

Amigo de Paixão Cortes e Barbosa Lessa, Zeno  foi patrão, coordenador regional, conselheiro e presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) e da Fundação Cultural Gaúcha. Foi fundador, primeiro vice-presidente e patrono da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, e um dos fundadores da Confederação Internacional da Tradição, tendo participado da maioria dos congressos de tradição gaúcha a nível estadual, nacional e internacional.

Foi vereador em duas legislaturas, secretário de turismo e coordenador do Centro Municipal de Cultura em Caçapava do Sul. Foi produtor rural, cabanheiro e crioulista até os 80 anos.

Na área cultural, Zeno foi patrono da 10ª Feira do Livro de Caçapava do Sul. Teve dois livros editados. Ministrou cursos sobre História e Tradição para alunos de escolas públicas e fez inúmeras palestras. Gravou seriados e documentários para emissoras de televisão, sempre falando sobre a história do Rio Grande do Sul e seus costumes.

Entre as inúmeras homenagens já recebidas destacam-se as comendas Charrua, Negrinho do Pastoreio, João de Barro, Bento Gonçalves e Barbosa Lessa, e vários títulos de Mérito Tradicionalista.

O corpo de Zeno foi velado na Câmara de Vereadores de Caçapava do Sul. O sepultamento ocorreu no Cemitério Seival.

Fonte: Diário de Santa Maria

Nenhum comentário