Sobre o CTG Tiarayu e sua atual situação

"Bom dia moradores do Bairro Jardim Itú-Sabará

Sou morador do bairro há mais de 40 anos. Portanto, se me permitem, posso dizer que testemunhei, como muitos, as transformações aqui ocorridas, desde a pavimentação e abertura de diversas ruas, até a criação de loteamentos, postos de saúde, escolas, construção de Igrejas, etc.

Dito isso, gostaria de me valer desse veículo para fazer aqui uma ponderação no sentido de levantar uma discussão que diz respeito àquela velha questão: quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha? Pergunto porque, conversando com um irmão, amigo de longa data, professor de dança no CTG Tiarayú, tomei conhecimento que naquele local, não mais se pode realizar os tradicionais bailes, ou eventos, como cursos de danças gauchescas e concursos tradicionalistas que sempre, e desde que me conheço por gente, ali se realizava.

E, isso se deveu à uma interdição (ou proibição), por parte do poder público, arguindo que o som vindo do CTG, atrapalharia o sossego dos moradores do entorno. Ora, o CTG TIARAYÚ, está localizado naquele local, muito antes de os seus moradores que agora alí se encontram se estabelecerem, razão pela qual, sem sombra de dívidas, já sabiam ou tinham prévio conhecimento das atividades realizadas por aquela associação. Portanto me soa uma total falta de sensibilidade, para não dizer "pura grossura" e falta de consideração, essa interdição que, segundo fui informado, foi resultado de uma ação movida por esses moradores do entorno.

Fica aqui o registro de minha total insatisfação para com esses moradores do nosso bairro, uma vez que o CTG TIARAYÚ, vencedor de vários concursos realizados no nosso estado que sempre levou o nome do Jardim itú-Sabará às manchetes de jornais, agora se encontra praticamente fechado e impedido de realizar os seus eventos. Não sou frequentador de CTG, nem sequer tenho ou uso bombachas, porém acredito que quando se toma uma atitude como a que foi tomada, está se fechando uma porta de relevante importância para a cultura do nosso estado e porque não dizer, para a formação do bom caráter de jovens que frequentam aquele saudável local. E todos sabemos que, por mais que o pessoal do Tiarayú queira fazer, as modificações que o poder público está a exigir daquela entidade, em razão do elevado custo financeiro, praticamente inviabiliza a sua atividade.

Rogo que se discuta com esses moradores do entorno que tomaram essa atitude esdrúxula, a fim de que reconsiderem sua posição, solicitando a retirada e a revogação de tal intervenção.

Eles não representam o Bairro Jardim Itú-Sabará, eles são uma pequena parte de um bairro que praticamente nasceu ao redor do CTG Tiarayú. Se o CTG os incomoda, os incomodados que se mudem".

Carlos Henrique Gutierres‎ para Conselho Comunitário Itu Sabará


Fonte: blog do Rogério Bastos
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.