Foram conhecidos os primeiros finalistas da 20ª Seara da Canção

 
Carazinho vive as emoções do retorno da Seara da Canção, que após dois anos, é novamente realizada no município. O evento, que teve início nesta quinta-feira (07), já apresentou os primeiros finalistas, sendo quatro composições da fase local e duas da Searinha, na categoria mirim.

Primeiramente, subiram ao palco os quatro intérpretes da Searinha: Valentina Staggemeier Bromberger, de São Gabriel; Luiza Barbosa Dias, de Sapiranga; Maria Fernanda Costa, de Porto Alegre; e Pedro Rohde Franck, de Carazinho.

Na sequência, foram apresentadas as composições da fase local: De Improviso; Destino Tropeiro; Prenda Bem Querer; De Cerne Puro; Aprendiz de Pescador; Quando um Olhar dá Certeza; Loco de Bueno; Dois Campeiros, Uma Alma; Guitarreando a Vida; e Guasqueiro e Domador.

Garantiram lugar na final da Seara da Canção de Carazinho os 1º, 2º e 3º colocados da fase local, bem como a música mais popular, que compreende três votos (um da comissão julgadora, outro da imprensa e outro da população através das cédulas de votação).

Da mesma forma, foram premiados a melhor melodia, melhor letra, melhor intérprete, melhor instrumentista, melhor arranjo vocal e o melhor arranjo instrumental.

A 20ª Seara da Canção: intercambiando traços culturais acontece até domingo (10), no Parque Vali Albrecht, na BR 386, Km 169, em Carazinho. O evento é uma realização do CTG Rincão Serrano, com apoio da Prefeitura de Carazinho e Câmara de Vereadores. O financiamento é da Lei de Incentivo a Cultura (Lei Rouanet), via Ministério da Cultura.


Confira os premiados:

SEARINHA MIRIM

1º lugar
Maria Fernanda Costa - Porto Alegre
Música: Sal e Sangue

2º lugar
Pedro Rohde Franck - Carazinho
Música: Birivas


FASE LOCAL

1º lugar
Destino Tropeiro
Compositor: Decio Fernando Neuls

2º lugar
Guasqueiro e Domador
Compositores: Darci Vieira e Diego Oliveira

3º lugar
Quando um olhar da certeza
Compositores: Leticia Fabiane de Brum e Ernani de Souza

Música mais popular
Dois campeiros, uma alma
Compositores: Anderson Marek, André Marek e Roberto Marek

Melhor melodia
Destino Tropeiro

Melhor letra
Guasqueiro e Domador

Melhor intérprete
Leticia Brum – música Quando um olhar da certeza

Melhor instrumentista
Henrique Kalkmann – música Prenda bem querer

Melhor arranjo local
Destino Tropeiro

Melhor arranjo instrumental
De cerne puro


Fonte: Portal dos Festivais, de Aline Ribas
Marcadores: , ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.