Enquanto no ano passado 124 grupos participaram das disputas, neste ano são 116 - Foto: Rodrigo Assmann

O momento delicado da economia do País também atinge os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs). Segundo o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairioli Antunes Callegaro, oito grupos das forças A e B estão fora das competições para o Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) em razão das dificuldades financeiras. Enquanto no ano passado 124 grupos participaram das disputas, neste ano são 116.

Em entrevista à Rádio Gazeta, Callegaro admitiu que as entidades estão em crise. “O MTG é uma parcela da sociedade e não está imune a todo o processo que estamos vivendo.” De acordo com ele, todos os eventos têm sido realizados com sacrifícios. “Qualquer evento tem sido extremamente difícil para organizar, e o Enart não vai ser diferente. Ele terá a sua dificuldade também, mas nós vamos procurar organizar da mesma forma”, afirmou. A etapa final ocorre em Santa Cruz do Sul entre os dias 17 e 19 de novembro, no Parque da Oktoberfest. O custo da promoção deve variar entre R$ 500 mil e R$ 600 mil.

O presidente do MTG ressalta que, apesar das dificuldades, a entidade tem conseguido cumprir todo o seu calendário, programado na metade do ano passado. “Eu acho que o Movimento e as entidades tradicionalistas até têm superado muito bem essas questões”, avaliou. Por enquanto, as competições do Enart estão na fase inter-regional. As três disputas ocorrem em Santo Ângelo, nos dias 26 e 27 de agosto; em Uruguaiana, no dia 30 de setembro, e em Canoas, nos dias 21 e 22 de outubro.


por Redação Gazeta do Sul
Fonte: portal GAZ
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: