Crise afeta participação dos Centros de Tradições Gaúchas no ENART

Enquanto no ano passado 124 grupos participaram das disputas, neste ano são 116 - Foto: Rodrigo Assmann

O momento delicado da economia do País também atinge os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs). Segundo o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairioli Antunes Callegaro, oito grupos das forças A e B estão fora das competições para o Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart) em razão das dificuldades financeiras. Enquanto no ano passado 124 grupos participaram das disputas, neste ano são 116.

Em entrevista à Rádio Gazeta, Callegaro admitiu que as entidades estão em crise. “O MTG é uma parcela da sociedade e não está imune a todo o processo que estamos vivendo.” De acordo com ele, todos os eventos têm sido realizados com sacrifícios. “Qualquer evento tem sido extremamente difícil para organizar, e o Enart não vai ser diferente. Ele terá a sua dificuldade também, mas nós vamos procurar organizar da mesma forma”, afirmou. A etapa final ocorre em Santa Cruz do Sul entre os dias 17 e 19 de novembro, no Parque da Oktoberfest. O custo da promoção deve variar entre R$ 500 mil e R$ 600 mil.

O presidente do MTG ressalta que, apesar das dificuldades, a entidade tem conseguido cumprir todo o seu calendário, programado na metade do ano passado. “Eu acho que o Movimento e as entidades tradicionalistas até têm superado muito bem essas questões”, avaliou. Por enquanto, as competições do Enart estão na fase inter-regional. As três disputas ocorrem em Santo Ângelo, nos dias 26 e 27 de agosto; em Uruguaiana, no dia 30 de setembro, e em Canoas, nos dias 21 e 22 de outubro.


por Redação Gazeta do Sul
Fonte: portal GAZ
Marcadores: , ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.