Chasque do MTG I - Contagem regressiva para mais um #vempromate


Quando o assunto é ‘chimarrão’, não existe qualquer distinção, seja de raça, crença, nível cultural, posição social ou financeira. A bebida do gaúcho é popular e democrática. Não importa se a cuia é simples ou decorada - bomba e térmica da mesma forma. O chimarrão agrada a todos (ou pelo menos a muitos).
 
Com esse espírito, o Movimento Tradicionalista Gaúcho mais uma vez faz a frente na realização do #vempromate. A iniciativa começou em 2015, com o objetivo de comemorar o Dia do Chimarrão e do Churrasco (24 de abril). O convite é para que, neste dia, todo apreciador publique uma fotografia sua mateando e, na medida do possível, também encontre amigos, familiares e colegas para celebrar presencialmente a data.
 
Quem digitar #vempromate nos sistemas de busca de mídias sociais, em especial Facebook, Instagran e Twitter, entenderá a razão pela qual o chimarrão é símbolo de amizade e hospitalidade. As fotos que aparecem no relatório da pesquisa, relativas à edição de 2015 e 2016, evidenciam o quanto o chimarrão é popular. Não tem lugar, nem hora do dia, quanto menos tempo ruim. Crianças apreciam, adultos, idosos, homens e mulheres... O mate é companhia no trabalho, na sala de aula, nos momentos de lazer, quando se está sozinho ou acompanhado, com pilcha e sem pilcha.
 
Segundo o presidente do MTG, Nairo Callegaro, o #vempromate está se consolidando no calendário de eventos da entidade. ‘Muitas vezes somos criticados porque realizamos com muito sucesso eventos competitivos, seja na área campeira, seja na área artística, e o #vempromate vem mostrar que, antes de competir, estamos disponíveis ao encontro, à união”, afirma.

Foto e texto: Sandra Veroneze
Imprensa MTG

Fonte: blog do Léo Ribeiro
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.