Resultado do 6º Moinho da Canção Gaúcha


O festival aconteceu no dia 03 de dezembro e foi realizado no Parque Municipal Rudolfo Arno Goldhardt no município de Panambi/RS.

ETAPA LOCAL

PRIMEIRO LUGAR:
CAMPEÃO DA ALEGRIA – Chamarra
Letra: Carlos Machado
Melodia: João Paulo Deckert
Interpretação: João Paulo Deckert e Nando Soares

SEGUNDO LUGAR
CANICIANDO – Milonga
Letra: Julles De Ley/ Jackson De Ley
Melodia: Adalberto Narciso Hommerdinger
Interpretação: Enzo Falabretti

TERCEIRO LUGAR
EVOLUÇÃO DO MEU PAGO – Milonga
Letra: Vitor Fioravante Bertei/Sabani Felipe de Souza
Melodia: Marcelinho Carvalho
Interpretação: Léo Almeida

MELHOR LETRA
MESMA PALAVRA – Canção
Letra: Juca Moraes
Melodia: João Bosco Ayala
Interpretação: Robledo Martins

MELHOR INTÉRPRETE
ROBLEDO MARTINS na composição MESMA PALAVRA – Canção
Letra: Juca Moraes
Melodia: João Bosco Ayala Rodrigues

MELHOR INSTRUMENTISTA
MARCELINHO CARVALHO – Violão na composição O MENINO DO ESPELHO – Milonga
Letra: Túlio Souza
Melodia: Tuny Brum
Interpretação: Tuny Brum

MELHOR MELODIA
A SOLIDÃO DA FLOR – Canção
Letra: Luciano Rodrigues e Glauco Lemos
Melodia: Luciano Rodrigues
Interpretação: Luciano Rodrigues

MÚSICA MAIS POPULAR
CANICIANDO – Milonga
Letra: Julles De Ley/ Jackson De Ley
Melodia: Adalberto Narciso Hommerdinger
Interpretação: Enzo Falabretti

ETAPA GERAL

PRIMEIRO LUGAR
O MENINO DO ESPELHO – Milonga
Letra: Tulio Souza
Melodia: Tuny Brum
Interpretação: Tuny Brum

SEGUNDO LUGAR
MESMA PALAVRA – Canção
Letra: Juca Moraes
Melodia: João Bosco Ayala Rodrigues
Interpretação: Robledo Martins

TERCEIRO LUGAR
NO CORREDOR DE UMA TROPA – Chamamé
Letra: Fabio Costa/Vane Vieira
Melodia: Henrique Bagesteiro
Interpretação: Grupo Parceira


Fonte: portal Mais Novidades e portal Identidade Campeira
Marcadores: , ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.