O blog Cantinho Gaúcho bateu um papo super divertido com o personagem mais querido dos dançarinos de plantão... o Avaliador Gaúcho!


1. Eis que conto aqui no Cantinho Gaúcho, com a presença deste Avaliador que tanto sucesso faz nas redes sociais. Apresente-se pra gente, Avaliador Gaúcho. Como se deu o início da tua vida no tradicionalismo, de que região tu vens?
Fiquei muito feliz com o convite, Carolina, pois sou leitor assíduo do Blog Cantinho Gaúcho. Desde piá frequentava os rodeios da minha cidade, ficava deslumbrado com os grupos artísticos, com a chula assim como, também com as gineteadas (campeira só fico de longe admirando). Eu assistia os grupos, como o DTG FEEVALE, CTG Estância da Serra, CTG Aldeia dos Anjos fazendo apresentações espetaculares e pensava: "um dia quero estar ali!" Quanto a região que venho, não divulgo por questões de contrato e multa muito alta. (brincadeira)

2. Quando e como surgiu a ideia de fazer humor com as lides dos grupos de danças, e situações que todos dançarinos já passaram ou vão passar um dia? Sentiu algum tipo de oposição no início, ou todos logo aceitaram de boa as piadas e entenderam a brincadeira? Como todos hoje em dia, estamos sempre navegando nas redes sociais, sites de notícias, de vídeos e blogs. Mas o conteúdo que eu queria consumir não era encontrado... Sobre tradicionalismo, tanto de notícias quanto de humor, este que me desperta mais interesse. Sou de riso fácil e gosto muito de piadas rápidas com sacada inteligente. Então resolvi criar um perfil do gênero para expressar meu cotidiano, de dançarino de CTG, e ao mesmo tempo gerar conteúdo para quem como eu não encontrava tão facilmente.
O pessoal logo comprou a ideia, e logo se espalhou Rio Grande a fora. E além também, pois tenho seguidores em todo o Brasil.
Não tive nenhum tipo de crítica quanto as postagens de humor... Somente quando repassei um vídeo que recebi sobre um erro de um grupo no Enart, alguns não viram com bons olhos. Exclui o vídeo pouco depois, pois não era esse o propósito do perfil.

3. Tu costumas participar de eventos, rodeios, ENART mesmo, ou só acompanha "on-line" pra fazer postagens? Resumindo, é possível te encontrar de verdade? haha Vamos começar a cuidar as fotos que tu posta, o ângulo do lugar e ir até lá te descobrir! ;P
Estou sempre participando de eventos do gênero, na minha cidade e região. Até porque danço ainda. (A parte boa é q eu mesmo avalio meu grupo KKK). Muitos posts são feitos "entre vocês". Ali mesmo, no rodeio, no brete, na arquibancada, no resultado... Quem sabe um dia eu divulgo o perfil do administrador da conta, aí poderemos tomar um Milkshake ou uma Polar com os seguidores.

4. Vamos continuar aguardando ansiosamente por este momento... (curiosidade master) rsrsrs Mas, continuando... O que tu pensas pro futuro do tradicionalismo? Quais teus sonhos de maneira geral?
Penso em um tradicionalismo mais aberto (mas sempre "tradicionalismo"), com mais integração entre as entidades. Que não gire somente em torno da "competição" e sim no prazer de cultivar algo que se fazia nos tempos passados por nossos bisavós. Que mais e mais pessoas tenham acesso ao nosso mundo do CTG, como eu gosto de chamar. E tudo se encaminha pra isso... Hoje o CTG está se modernizando, automatizando as avaliações, fazendo as mudanças necessárias. Coisas boas virão.

5. Nos conte uma vivência tua, algo que dentro do tradicionalismo possa ter marcado a tua vida.
A imagem mais marcante que tenho comigo foi, quando piá, minha primeira apresentação com a invernada. As pernas tremiam, a boca secou, não enxergava nada além do tablado, e o coração parecia que ia sair pela boca. Depois daquele dia, sabia que faria aquilo pro resto da vida. E o que sentimos depois que a apresentação acaba, não tem preço.

6. Um dia tu me disse que adora Crepe de Palmito. É tão fácil assim te comprar, Avaliador? Talvez por isso meu grupo não classificou pra finalíssima do ENART... esqueci teu crepe =/
Eu li crepe de palmito? QUERO. KKKK
Brinco com isso, mas sempre lembrando que os avaliadores fazem um trabalho muito importante e jamais soube de caso de algum que se corrompeu, avaliando diferente do que viu na sala.

7. Vamos encerrando por aqui! Fico muiiito feliz com a tua participação aqui no blog, e pelo carinho de sempre divulgando nossas postagens. Sucesso, e vida longa pra todos nós! Buena parceria! Forte abraço!!!
Foi um prazer conversar contigo prenda, fiquei honrado com o convite. Já estou ansioso para ler nosso papo no Blog que sou leitor de carteirinha. Tu faz um ótimo trabalho, sigamos em frente brincando, informando e divulgando nosso tão amado tradicionalismo e nossa cultura. Vida longa sim, a nós e ao "nosso mundo" do CTG. Um grande abraço prenda.


por Carolina Bouvie

Fonte: blog Cantinho Gaúcho
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: