Ao chegarmos em dezembro temos a tranquilidade de olharmos para trás e vermos que tivemos a oportunidade de realizar um trabalho afinado ao  interesse de todos e principalmente de nossa instituição. Nesta caminhada aprendemos, escutamos, descobrimos e conhecemos inúmeras pessoas e entidades, vivemos e partilhamos momentos mágicos, emocionantes, momentos de homenagens ao MTG, de reconhecimento de valorização de nossa cultura, nossa identidade regional e principalmente da boa convivência entre todos.

A inúmeras conclusões chegamos, mas a principal delas é que devemos criar um mecanismo para melhorar nossa comunicação, aperfeiçoarmos  processos de um maior entendimento e multiplicarmos ideias que possam contemplar e consolidar as vontades coletivas. Fico feliz porque muitas ideias que venho defendendo, pela necessidade de algumas mudanças, começam a ganhar força, voz e vontade. Acredito que, apesar de dificuldades, interesses dos mais variados, todos juntos possamos, aos poucos, fazermos os ajustes necessários e implementarmos um modelo capaz de um maior entendimento e que seja um facilitador com a sociedade.

Após um ano de trabalho, um ano em que celebramos todos juntos a trajetória de nossa instituição, procurando levar seu nome, valor e inserção social a todos os lugares pelos quais percorremos neste Rio Grande e fora dele, nos sentimos mais confiantes e orgulhosos desta caminhada.

A todos que, de uma forma ou de outra, nos têm ajudado, apoiado, compreendido, aconselhado e incentivado, só tenho que agradecer. Os gestos de carinho e reconhecimento, a mão amiga na hora da decisão, do apoio, são capazes de remover montanhas, de achar soluções e nos conduzir por caminhos difíceis - muitas vezes recolhidos ao nosso “eu“ sofremos internamente e lutamos para encontrarmos o caminho da justiça e da verdade.

Agradeço a todos os coordenadores regionais, conselho diretor, diretoria do MTG, colaboradores, corpo técnico, as entidades tradicionalistas, as patronagens, os meios de comunicação (rádios, tvs, jornais, sites) e principalmente à juventude, esta gurizada que tanto trabalha, que tem a responsabilidade de levar a instituição ao seu centenário.  É chegado o momento desta transição, de uma renovação responsável, para nunca perdermos nossas referências, nossas origens, todos que contribuíram para a estruturação e consolidação do MTG.

Que neste momento possamos refletir, buscar a harmonia, o entendimento. Que o espírito de luz e muita paz norteie nossa caminhada e nos mantenha cada vez mais fortes e unidos. Muito obrigado a todos, muito obrigado ao Rio Grande por ter me feito gaúcho.

Abraço a todos.


Nairo Callegaro
Presidente do MTG

Fonte: blog do MTG-RS
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: