Editorial do Presidente - Um cinquentenário de muita história e emoções

O mês de outubro de 2016 entrará para a história do MTG. Completamos 50 anos de uma jornada construída com trabalho de muitas pessoas, com lutas, sacrifícios, vitórias e derrotas. Ao longo do ano foram realizadas homenagens nas Câmaras Municipais e em nível federal. Os eventos do MTG sempre pautaram estas homenagens envolvidos em um espírito agregador, de muita união e busca de solução para nossas necessidades.
 
Nas entidades e regiões tradicionalistas eventos foram direcionados ao cinquentenário, não somente para celebrarmos, mas principalmente, para refletirmos a respeito de nossa relação com a instituição, a sociedade e nosso comportamento como grupo social.

Muitas questões estão sendo debatidas, discutidas e aprofundadas de uma forma leve,  com calma e reflexão, em nível de direção com as Regiões Tradicionalistas, lideranças de entidades e principalmente junto aos jovens, exercitando a capacidade de pensarmos de forma coletiva, participativa e capaz de despertar um processo de construção de  novos caminhos e alternativas para seguirmos em frente, preservando e fortalecendo nossos valores fundamentais.
 
Realizamos em Porto Alegre uma grande festa. Muitos foram homenageados:  tradicionalistas, entidades, a imprensa, o MTG. Realizamos a maior cavalgada realizada em nossa capital. Voltamos ao ano de 1947. Fomos ao colégio Julio de Castilhos, onde homenageamos a escola e depois rumamos ao 35 CTG. Em ambos fomos recebidos pelo grande pensador e idealizados deste movimento, o Sr. Paixão Côrtes. Acima de tudo foi a demonstração de reconhecimento de todos a este processo social iniciado na década de quarenta, a aproximação e união referenciando o momento de início de nosso movimento, as nossas origens, o nosso marco zero.
 
Uma festa que, acima de tudo, enalteceu a história, fortaleceu nossa instituição, reatou caminhos que haviam se perdido e mostrou acima de tudo a capacidade de superação na realização de seus eventos. Outro aspecto a enaltecer foi a exposição no memorial do Rio Grande do Sul, “50 anos do MTG – Tradição e Legado”, um momento extremamente importante que leva ao encontro da sociedade a memória desta instituição, aproximando com o centro cultural de Porto Alegre, a Praça da Alfândega, um pequeno projeto, mas um grande passo para incluirmos o MTG em uma grandeza diferente junto aos setores culturais do Estado.
 
Mas não podemos deixar de citar neste mês de novembro a realização de nosso maior festival – o ENART. Vamos acima de tudo para Santa Cruz do Sul continuarmos a celebrar o cinquentenário do MTG, realizarmos de forma harmônica um festival que representa muito e demonstra nossa força de organização, emoção e superação. Isto é o nosso Enart, com uma participação ampla que oportuniza a todos o direito de fazerem parte desta grande festa.
 
Desejo a todos grandes momentos, emoções e encontros, o fortalecimento de amizades e a descoberta de novas, a compreensão, a sinceridade e a capacidade de união, que somente nosso movimento ainda é capaz de realizar. Um abraço a todos e Vida Longa ao MTG.


Fonte: blog do MTG-RS
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.