Pirisca (ao centro) e a Comparsa Elétrica, banda que acompanha o músico em seu primeiro registro em DVD depois de oito discos
Foto: Tiago Benedetti / divulgação

"Comparsa Elétrica – O filme" foi gravado em Santa Maria e é o primeiro filme do cantautor uruguaianense


Uma cena bucólica com gado e ovelhas passa para os músicos ensaiando no galpão da Estância Santa Alice, interior de Santa Maria, e daí corta para uma barbearia onde eles se aprontam para a festa do início da noite na cidade e falam sobre seu trabalho. Assim começa Comparsa Elétrica – O filme, primeiro DVD dos 17 anos de carreira de Pirisca Grecco, o mais destacado integrante da terceira geração dos festivais nativistas, cantautor com personalidade marcante, espírito aberto e oito álbuns lançados.

– Viemos do Velho Oeste – diz o músico uruguaianense. – E agora estamos no coração do Rio Grande, pois Santa Maria precisa ter de volta um pouco de alegria.

A festa vai ocorrer, de surpresa, no coreto da Praça Saldanha Marinho, bem no centro da cidade. Pirisca (voz, guitarra) veste gravata borboleta vermelha, fraque e cartola pretos. Os ótimos Paulinho Goulart (acordeão), Texo Cabral (flauta), Duca Duarte (baixo) e Rafa Bisogno (bateria) usam um figurino no mesmo espírito. Eles são a Comparsa Elétrica, a banda que já "virou um estilo de vida".

A iluminação e o som atraem as pessoas. Em círculo, os músicos tocam de frente uns para os outros. Pirisca vai cantando músicas de todas as épocas, Zambita nueva, Estrelas castanhas (linda parceria com Sílvio Genro), Trem da fumaça ("A fumaça do palheiro é um trem que me leva onde eu quiser, Buenos Aires, Nova York, Uruguaiana ou outro pago qualquer"), Canta Maria (com Pedro Ribas), Jogando truco (com Érlon Péricles) e Muchas gracias (com Gujo Teixeira), que em 1999 venceu a Califórnia da Canção na estreia de Pirisca nos festivais – hoje ele tem pilhas de vitórias. Em Rédeas (com Túlio Urach), um convidado especial: o roqueiro e fã Esteban.

De outros autores, Prenda minha (Telmo de Lima Freitas) e Gaudêncio Sete Luas (Luiz Coronel/Marco Aurélio Vasconcellos). Nenhuma delas levanta a voz nem defende a primazia do Rio Grande sobre "o resto". Mas são inequivocamente gaúchas – e universais. O efeito da câmera circulando o coreto, e aquela luz, e o público em volta, dão ao DVD um clima mágico. O resultado é um Pirisca ainda melhor, tão maduro quanto novo.

COMPARSA ELÉTRICA – O FILME
De Pirisca Grecco e Comparsa Elétrica
DVD dirigido por Pirisca Grecco, Leonardo Gadea e Paulinho Goulart, R$ 29,90. CD R$ 14,90, à venda em minuanodiscos.com.br.


Por Juarez Fonseca
Fonte: jornal Zero Hora / Música
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: