Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE

Custom Header

{fbt_classic_header}

Últimos chasques

latest

CTG Porteira da Querencia, de Sarandi, realizou palestra com Jurema Chaves

Foto: Alison Berlet de Almeida A Prenda Mirim do CTG Porteira da Querência realizou 2ª ação do Projeto do CTG Núcleo de Fortalecimento ...

Foto: Alison Berlet de Almeida


A Prenda Mirim do CTG Porteira da Querência realizou 2ª ação do Projeto do CTG Núcleo de Fortalecimento da Cultura Gaúcha.

Na noite de terça-feira, 9, foi especial no CTG Porteira da Querência, pois, devido a participação da 1ª Prenda Mirim, Sophia Soares Almeida, na 50ª Ciranda Cultural de Prendas – Fase Regional, que ocorre em junho, em Carazinho, foi realizado a 2ª ação do projeto CTG: Núcleo de Fortalecimento da Cultura Gaúcha junto a Gestão de Prendas e Peões 2018/2019, o Departamento Cultural e a Patronagem.

"CTG: Núcleo de Fortalecimento da Cultura Gaúcha é um dos projetos que precisamos realizar para compor o relatório de atividades para a ciranda cultural de prendas, mas a importância dele é integrar associados e os departamentos, para que possamos conhecer, preservar e divulgar o tradicionalismo, promovendo encontros que favoreçam a presença das famílias e o convívio entre as gerações" - conta a prendinha Sophia.

Pensando assim, e norteados pelo tema anual do MTG:" Mulher Gaúcha 70 anos de inclusão no tradicionalismo gaúcho organizado" - suas conquistas e participações, foi convidada para palestrar Jurema Chaves, poetisa, escritora, declamadora, radialista, ativista cultural, membro de comissões avaliadoras de festivais.

No encerramento ocorreu o Sarau de Poesias da Jurema Chaves, realizado pelas prendinhas: Sophia S. Almeida, Manuela Rigo, Valentina Debona e Luiza Souza, amadrinhadas no violão por Giana Favretto. Emocionada, Jurema Chaves abrilhantou a noite declamando uma poesia aos presentes. Estiveram prestigiando essas atividades, membros da Patronagem, do Departamento Cultural, Gestão de Prendas e Peões 2018/2019, alguns membros das Invernadas de Dança da entidade, sendo uma proposta de cunho cultural que envolveu todos os departamentos do CTG, repassando em especial, às novas gerações, como tudo começou, especialmente os ideais, pensamentos, objetivos e sonhos.

Segunda a Prenda Sophia, “esta é uma proposta muito importante no sentido de resgatar conhecimentos históricos e culturais gaúchos, divulgando e ampliando o grau desses conhecimentos entre as mulheres do movimento tradicionalista, valorizando o legado social e cultural, e estreitando laços de amizade e respeito entre as gerações formadoras da família tradicionalista do CTG Porteira da Querência.”

“A participação da Mulher no Tradicionalismo Gaúcho Organizado desde suas primeiras atuações até os dias de hoje, demonstra o quanto foi significativo e importante suas funções que vem sendo desempenhadas no transcorrer dos anos, proporcionando quebras de paradigmas e mudanças culturais em nossa sociedade tradicionalista. Que o trabalho seja das mais diversas maneiras possíveis, a fim de dar a devida importância que sempre merecerá a Mulher, como parceira em igualdade com o Homem, pois juntos no tradicionalismo construíram e continuam mantendo este grandioso Movimento”, disse o patrão Nilton Debastiani.

Destaque aos alunos do EJA – Escola Estadual Dr. João Carlos Machado, a comitiva do CTG Cordeiro do Pago de Liberato Salzano e a Diretora Cultural da 7ª RT, Luiza Monteiro e seu esposo Anaurides Monteiro pela participação no evento.

Matéria do Departamento de Comunicação / Patronagem 2019
Fonte: blog do Rogério Bastos

Nenhum comentário