Page Nav

HIDE
GRID_STYLE

Post/Page

Weather Location

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ad

Últimos chasques:

latest

Presidente do MTG convida jovens à reflexão

Foto: Beatriz Colombelli / Folha do MateOrganizadores presentearam o presidente com uma cesta de produtos da Capital do Chimarrão

Organizadores presentearam o presidente com uma cesta de produtos da Capital do Chimarrão
O president…

Foto: Beatriz Colombelli / Folha do MateOrganizadores presentearam o presidente com uma cesta de produtos da Capital do Chimarrão

Organizadores presentearam o presidente com uma cesta de produtos da Capital do Chimarrão

O presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairioli Antunes Callegaro, palestrou na sexta-feira, 23, à noite, no Centro de Tradição Gaúcha (CTG) Erva-Mate, no Parque Municipal do Chimarrão. Promovido pela gestão de Prendas da entidade, com apoio do Departamento Cultural e patronagem, o evento contemplou a segunda Ação do projeto 'CTG Núcleo de Fortalecimento da Cultura Gaúcha'.

Com a temática 'O papel e a importância do jovem para a perpetuação do Movimento', o dirigente convidou os jovens à reflexão, retomada de consciência, valorização dos princípios do Movimento Gaúcho organizado e posicionamentos com responsabilidade a fim de levar mais conhecimentos à sociedade. "Ninguém gosta do que não conhece, precisamos ensinar, ao mesmo tempo que estamos aprendendo sempre", foi uma das inúmeras afirmações de Callegaro, durante as duas horas que conversou com cerca de 50 tradicionalistas de Venâncio Aires e Região.

O dirigente destacou que nos últimos 15 anos houve um crescimento no tradicionalismo gaúcho e "podemos até ter errado, em algum momento", porém, assim como em todos os segmentos sociais se têm regras, no Movimento não é diferente, destacando que a história é a base construida pelos jovens de 1948. Citando, por exemplo, a questão da bombacha, o que ele não considera "polêmica", e sim, questionamentos. No entanto, acentua que além das diretrizes, esta indumentária é histórica. Ao mesmo tempo, questionou a postura das entidades no sentido de acolher àqueles que não têm este entendimento, dizendo que é preciso "ensinar o pertencimento".

Próximos cinquenta anos

Aos jovens, especialmente, Callegaro, reforçou o tema 2018: 'Unindo gerações para construir o amanhã, a Juventude Tradicionalista como maior legado para a construção dos próximos 50 anos de MTG', proposição aprovada no 66º Congresso Tradicionalista Gaúcho, em São Jerônimo, no mês de janeiro. Segundo o presidente, o tema é de questionamento e orientação, pois ele reconhece que há um choque de gerações. Entretanto, acrescenta que o Movimento "precisa formar coordenadores e presidentes", a partir das novas gerações.

"Preservar as boas práticas como patrimônio cultural da humanidade, e fazer disto o reconhecimento para daqui a 50 anos", está entre o legado às novas gerações que o MTG busca junto à Unesco, divulgou o presidente.

Participram do evento, o patrão da entidade, Marcos Cézar Roessler, a coordenadora cultural da entidade, Yolanda Maria Agnes, a 2ª Prenda do Rio Grande do Sul, Caroline Reolon Scariot - escolhida para madrinha das Ações -, a coordenadora da 24ª Região Tradicionalista, Luce Carmen Mayer; o 3º Guri Farroupilha do RS, Gabriel Ferreira; presidente da Associação Tradicionalista Venâncio-Airense (ATVA), Dalmo Mayer; patrono dos Festejos Farroupilhas de Venâncio Aires 2017, Libório Wilges, Representantes do Prendado Regional e de entidades tradicionalistas.


Fonte: portal Folha do Mate

Nenhum comentário

Ads Place