Page Nav

HIDE
GRID_STYLE

Post/Page

Weather Location

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ad

Últimos chasques:

latest

Tertúlia Musical Nativista, por Paulo Ricardo Costa

Mais uma Tertúlia Musical Nativista que aconteceu e não foi apenas mais uma Tertúlia Musical Nativista, para mim foi a melhor das Tertúlias Musical Nativista, por que? - Por diversas razões, mas vou citar algumas:

1º - Organização…

Mais uma Tertúlia Musical Nativista que aconteceu e não foi apenas mais uma Tertúlia Musical Nativista, para mim foi a melhor das Tertúlias Musical Nativista, por que? - Por diversas razões, mas vou citar algumas:

1º - Organização impecável - A estância do Minuano foi feita para a Tertúlia, com um Salão de eventos próprio, limpo, asseado, acústica perfeita, estacionamento para participantes.
2º - Horários - Tudo começou no seu devido tempo marcado, sem atraso, com um andamento sem morosidade e sem perda de tempo, tempo ai o belo trabalho do RICCO na condução de palco fazendo com que as musicas fluíssem.
3º - Qualidade Musical - A Tertúlia mais uma vez provou que um festival pode ser sério, se tiverem pessoas sérias, comprometidas e conhecedores conduzindo o evento e já começa pela escolha da comissão julgadora. Nesse quesito, parabéns!
4ª - Tertúlia Local -  Todos nós sabemos que a Santa Maria é um manancial de bons poetas, compositores, músicos, cantores, pessoas que aqui vivem e daqui tiram seu sustento, tendo a música como outra opção de vida, mas que são ótimos músicos, mostrando que a qualidade musical da Tertúlia Local nada deixou a desejar e qualquer das 11 musicas que foram ao palco estariam em qualquer festival do estado, com premiação.
5º - A Tertulinha - Mas uma vez provando que o espaço dado as crianças é o melhor de todos os achados dos festivais, ver a alegria de uma criança no palco e das outras que ficam atentamente assistindo e sonhado, quem sabe estarem em palco.
6º - A facilidade de chegada e saída - com um amplo local de estacionamento com segurança para os carros.

Penso que a abertura que os festivais dá para os músicos, além de belos valores de ajuda de custo e premiação, melhor som e imagens, infra estrutura isso não tem preço. Penso que os músicos, seus familiares e os amigos mais próximos só tem que agradecer por tudo isso, por que vejo pessoas, abnegados trabalhando dia e noite para dar toda essa infra estrutura e ainda pagando, muitas vezes excelentes músicos, mas péssimas pessoas que não reconhecem o valor de quem trabalha.

Quanto a premiação, isso é que menos importa, o que importa é um trabalho bem feito e a condição de poder estar aprendendo, com os mais velhos e ensinando os mais novos, para que a música não caia na banalidade do que vive hoje, no centro do Pais, onde tudo é descartável.

Quanto a opinião das rádios, isso também não importa, por que vejo pessoas atrasadas musicalmente ou sem nenhum conhecimento poético e musical opinando sobre música porque trabalha em rádio. As rádio são importantíssimo para os eventos, pois são elas que levam ao publico de casa o que esta acontecendo, mas não são os donos da verdade e muitos nem tem o conhecimento do que é uma poesia, um arranjo, uma melodia, uma harmonia e a interpretação, ficando apenas com suas opiniões, muitas vezes erradas dos fatos acontecidos, além do inteiro desconhecimento total da arte musical, salvo alguma exceção, mas também tem os que julgam interesse, gosto musical ou apenas torcida, nada que justifique a obra em si.

Quanto a Comissão Julgadora, esses são conhecedores e julgam fatos, que muitas vezes nos passam despercebidos, pois estão lá para isso, enquanto julgamos com o coração eles julgam com a razão, conhecimento e verdade. Se pode haver erros? Até pode, mas não acredito que ele exista, devido ao conhecimento pessoal de cada um de uma comissão.

Quanto ao Publico, parabéns a quem vai, pois tem mais uma noite de conhecimento e aos que não vão, resta-me lamentar, pois perdem um grande evento e um grande momento para aprender um pouco mais.

Parabéns a Tertúlia Musical Nativista, que tenha vida longa e que continue na Estancia do Minuano, pois lá é o lugar dela.  Ja estamos na espera de 2018 com novos espaços e prontos para aplaudirmos a todos.


por Paulo Ricardo Costa
Fonte: blog Entre Mates e Guitarra

Nenhum comentário

Ads Place