Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE

Custom Header

{fbt_classic_header}

Últimos chasques

latest

Jurados dos destaques dos Festivais 2019

 Em referência ao Troféu Destaques dos Festivais 2019, tradicional premiação realizada pelo blog Ronda dos Festivais, já podemos adian...


 Em referência ao Troféu Destaques dos Festivais 2019, tradicional premiação realizada pelo blog Ronda dos Festivais, já podemos adiantar, à título de curiosidade, alguns números, ainda parciais, de algumas modalidades.
Levando-se em conta, exclusivamente, os 40 festivais de música realizados e/ou confirmados até o final do ano, constatamos alguns dados interessantes, que podem, por que não, servir de objeto de análise para alguns promotores destes eventos.
No quesito JURADO MAIS ATUANTE,  constatamos que 134 pessoas foram convidadas para exerceram esta importante função. Deste universo destacamos que: Duas (02) pessoas, com 4 participações cada uma, aparecem como os jurados mais requisitados até agora.  Na sequencia, surgem 04 pessoas com 3 indicações, e 18 com 2  convites.
Isto significa que, dos 134 nomes apurados, apenas 24 vão atuar em mais de uma ocasião.    
Para termos uma ideia do perfil de jurado, preferido pelos produtores de festivais, apontamos a característica mais marcante de cada um dos 134 avaliadores e chegamos a seguinte conclusão:
32 são Letristas Homens (exclusivamente)
31 são Melodistas Homens (exclusivamente)
12 são Letristas e Melodistas Homens (simultaneamente)
19 são Intérpretes Homens
09 são Intérpretes Mulheres
27 são Instrumentistas Homens
02 são Instrumentistas Mulheres
02 são Profissionais da Comunicação Homens

Este resultado escancara o fato de que a participação feminina nas comissões avaliadoras está muito abaixo do patamar que as Mulheres Nativistas já alcançaram com seu talento e sua capacidade. Elas merecem ser  muito mais valorizadas. E os da imprensa também...
Na década de 1980 os profissionais da comunicação eram presenças costumeiras nas comissões julgadoras dos festivais.  Quem sabe não é por isso que o grande público acha que a qualidade musical daqueles tempos é muito superior a das canções produzidas de 15 anos pra cá ?
Cabe uma reflexão...


Fonte: blog Ronda dos Festivais, de Jairo Reis..

Nenhum comentário