Sobre representatividade - Por Jéssica Thaís Herrera


"Por tantos momentos que me inspiraram e inspiram, falo em perseverança: palavra que me inspira a continuar, a permanecer e a insistir naquilo que acredito. Permitimo-nos viver momentos que exigem discernimento, compostura e responsabilidade, no entanto, está na hora de colocarmos em prática aquilo que aprendemos vivendo estes momentos. Hoje me vejo nessa situação e não interpreto como um problema, mas sim como uma oportunidade de amadurecer e de desenvolver a sagacidade. E é dessa maneira que desejo que a juventude tradicionalista enxergue e atue frente às dificuldades e às cobranças. As pessoas esperam muito de nós e nós (não podemos negar) esperamos muito das pessoas. Por isso, é hora de reafirmar não só a força, a vitalidade e a capacidade, mas também a RESPONSABILIDADE dos jovens para com a causa tradicionalista. E, sobretudo, é hora de nós, jovens tradicionalistas, assumirmos esta responsabilidade e todo o espaço que nos tem sido devolvido dia após dia.

Podemos e devemos ter opinião própria formada.
Podemos e devemos refletir sobre decisões.
Podemos e devemos ser ativos.
Podemos e devemos falar sobre política.
Podemos e devemos falar sobre propostas.
Podemos e devemos falar sobre visões.
Podemos e devemos refletir sobre o futuro do Movimento Tradicionalista Gaúcho.

É preciso relembrar de nossa Carta de Princípios, é preciso relembrar da essência, do amor, da união. É preciso relembrar que além-posicionamentos, estamos JUNTOS colocando em marcha nossas tradições, nossos princípios e nossos valores. Somos militantes de uma causa, somos transformadores sociais e culturais, somos a representatividade.

Somos inspiração para tantos, mas buscamos nos mais experientes nossas inspirações: a chamada reação em cadeia. É na união das gerações que encontramos o fortalecimento e a segurança para podermos realizar as nossas ações, as nossas decisões e as nossas resoluções. O desenvolvimento do meu amadurecimento e da minha sagacidade me oportunizaram estar fortalecida e acreditada na força da nossa juventude tradicionalista. Por isso, sigo a falar sobre a perseverança (que desencadeia a esperança, a insistência, o caráter e a tenacidade) e desejo a nós, jovens, nada menos que coragem, serenidade e ponderação em nossos caminhos, em nossas tribulações e em nossas atitudes.

Jéssica Thaís Herrera
1ª Prenda do Rio Grande do Sul"

Fonte: blog Cantinho Gaúcho, de Carolina Bouvie
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.