Mauro Moraes no Boteco Tchê



Mas que tal gauchada, dia 09 de agosto de 2018, o compositor e cantor Uruguaianense Mauro Moraes acompanhado de Fabiano Torres e Leonardo Quadros, vai estar fazendo um baita show no Boteco Tchê em Porto Alegre/RS. Na ocasião terá o Lançamento Oficial da Cerveja LA TROPILLA, parceira do evento… Te aligera índio véio, reserva logo tua mesa!

Informações:
Renato Morais (51) 9.8120-9498 ou (51) 9.8029-5063


Mauro Moraes
Cantor e compositor uruguaianense premiado em todos os grandes festivais de música. Possui 15 (quinze) CDs gravados por diversos artistas, a partir de sua obra.

Como produtor fonográfico trabalhou nos discos de José Cláudio Machado, Cesar Passarinho, João de Almeida Neto, Joca Martins, Wilson Paim, Victor Hugo, Marcello Caminha, entre outros.

Vencedor de 6 (seis) troféus “Açorianos de Música”, foi escolhido como “Melhor Compositor” de “Música Regional” por 4 (quatro) vezes: 1999, 2004, 2005 e 2007. E ainda por 2 (duas) vezes “Melhor Disco Regional”.

Foi homenageado em novembro de 2002 na câmara municipal de Porto Alegre com o prêmio artístico “Lupicínio Rodrigues” pelo conjunto de sua obra cultural e arte rio-grandense. Em 2014, o parlamento gaúcho e a Assembleia Legislativa do estado do Rio Grande do Sul fizeram a entrega da “Medalha da 53ª Legislatura” ao compositor Mauro Moraes em homenagem à comemoração dos seus 30 anos de carreira.

Recebeu da gravadora USA DISCOS 2 (dois) prêmios de “Discos de Ouro”, primeiro com o CD “De Bota e Bombacha” dos intérpretes Luiz Marenco e José Claudio Machado e o segundo com o CD duplo “Com Todas as Letras” como intérprete junto ao Quarteto Milongamento.

Mauro Moraes foi o grande vencedor da “31ª Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana” com a Música “Feito o Carreto”, canção esta que conquistou 7 (sete) premiações.

Foi vencedor da “Tafona da Canção”, em Osório, por 4 (quatro) vezes e da “Moenda da Canção”, em Santo Antônio da Patrulha, por 3 (três) vezes, entre outros.

Participou das filmagens do documentário “Mais Uma Canção” (2013) produzido por Bebeto Alves e também da obra de Tabajara Ruas “Netto, Perde sua Alma” (2001).

No ano de 2014, a gravadora ACIT lançou com exclusividade o CD e DVD “Com o Violão na Garupa” gravado no Theatro Guarany em Pelotas/RS.

Em 2015, com o show “Abrecancha” ao lado dos músicos Éverson Maré, Carlos Madruga e Fabiano Torres, percorreu diversas cidades do estado.


Fonte: portal Identidade Campeira

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.