Integrantes do CTG Sentinela da Querência conquistam prêmio estadual



Aconteceu neste final de semana o XXIV Festmirim, concurso estadual de Danças Tradicionais, na cidade de Santa Maria. O CTG Sentinela da Querência esteve representado na categoria de Danças de Salão pelos pequenos Rafaela Tormen e Vitor Wiest, os quais trouxeram para Erechim o 3º lugar.

O resultado se deve também aos professores, Angela Zanin e Diogo Pavão, da cidade de Marau. “Sem eles nada disso seria possível. Nós agradecemos de coração pela disponibilidade e apoio aos nossos filhos”, diz Andersson Wiest, pai de Vitor.

Wiest comenta também sobre o nível da competição e da emoção do resultado. “É um festival muito difícil porque todos os que se apresentam ensaiam muito, mas eles também se dedicaram e mereceram essa conquista. O resultado é importante, mas o que realmente fica guardado é o sentimento de poder compartilhar  estes momentos com todos que cultuam a tradição gaúcha.”

A patroa da entidade, Roseli Battisti, se diz orgulhosa pela participação do casal. “Nós estamos imensamente felizes por saber que mesmo tão novos eles já amam o que fazem e representam com o coração o nosso querido Sentinela. Que este seja só o começo de tantas conquistaram que ainda virão”, comenta.

O CTG Sentinela da Querência também já fez história neste Festival com a Invernada Mirim no ano de 2016 quando se classificaram para a final da competição de Danças Tradicionais e ficaram entre os 15 melhores grupos do estado, dentre os 40 participantes.


Fonte: Jornal Boa Vista

Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.