Assembleia aprova projeto que garante o acesso dos CTGs a recursos do Pró-Cultura


Por Assessoria
Foto Wilson Cardoso /Divulgação
04/07/2018 10:55

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (3) o Projeto de Lei 415/2015, que altera a Lei 13.490, de 21 de julho de 2010, facilitando assim o acesso dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) a recursos do Sistema Estadual Unificado de Apoio e Fomento às Atividades Culturais (Pró-Cultura). A proposição é de autoria do líder da Bancada do PDT no Parlamento gaúcho, deputado Gilmar Sossella, e tramitava no Parlamento há três anos.

Com a mudança, os CTGs poderão solicitar recursos para construção, restauro, preservação, conservação e reforma de suas sedes. “A aprovação desta proposta nos deixa muito felizes porque queremos mudar esta realidade e valorizar os CTGs, o verdadeiro manancial da cultura gaúcha. Muito mais do que contribuir com a preservação de nossas tradições, estas entidades promovem o encontro de gerações, desenvolvem o respeito, a responsabilidade, a hospitalidade e a solidariedade entre as gerações”, enfatizou Sossella.

O deputado também agradeceu ao apoio que recebeu para a aprovação do projeto de lei. “Queremos agradecer não apenas os deputados que votaram favoravelmente à proposição, mas também ao nosso ex-assessor e hoje prefeito de Alcenir Dalmago pela ideia, ao nosso ex-assessor Jair Müller pela elaboração do projeto, e a cada amigo tradicionalista que nesta caminhada nos apoiou e incentivou para conseguirmos esta grande conquista para o tradicionalismo”, completou Sossella.

OUTRAS AÇÕES – A valorização da cultura gaúcha é uma das bandeiras do deputado. Sossella é autor do Projeto de Lei 01/2016, que dispõe sobre a destinação de 20% da grade musical das emissoras de rádio AM e FM no Rio Grande do Sul à divulgação de trabalhos e obras de músicos e compositores do Estado. A proposta está na CCJ e aguarda parecer do relator, deputado Frederico Antunes (PP).

Sossella também é autor da Lei Estadual 13.513 de 8 de setembro de 2010, que instituiu a gaita como instrumento musical símbolo do RS. Além disso, em 27 de outubro de 2016, prestou homenagem ao cinquentenário do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) durante o Grande Expediente da Assembleia Legislativa.


Fonte: portal do jornal Bom Dia
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.