Alma Musiqueira de alma nova



O excelente grupo Alma Musiqueira foi criado no ano de 2000, pelos músicos João Marcos “Negrinho” Martins, Egbert Parada, Edilberto Bérgamo, Luiz Clóvis Girard e Gustavo Teixeira, elenco que, naqueles tempos, acompanhava o cantor Luiz Marenco em suas apresentações.  O grupo foi responsável por muitos dos arranjos consagrados nos espetáculos e nos discos de Marenco, tais como os CDs “Enchendo os Olhos de Campo”, “Interior”, o álbum ao Vivo, gravado no ENART e o projeto “De Bota e Bombacha”, estrelado por Luiz Marenco e José Cláudio Machado.

Em festivais, o AM conquistou diversas vezes as premiações destinadas ao Melhor Grupo Instrumental e ao Melhor Arranjo.

Decidido a ir além dos palcos e do trabalho junto a Marenco, o “Alma” gravou dois CDs intitulados: "Coplas de Terra Morena" e "Pampeana de Fé".

Em 2003, convidados por Luiz Carlos Borges, participaram do Festival de Las Nueve Lunas de Cosquín, em Córdoba, na Argentina. No mesmo período, formaram o grupo Viajantes da Pampa, em parceria de João de Almeida Neto.

Agora em 2018, o grupo prepara-se para voltar aos palcos, com um novo single, na Noite Regional Vol.2, em   Santa   Maria. Na oportunidade, estreará sua nova formação, que contará agora com o intérprete Pirisca Grecco, substituindo ao cantor Gustavo Teixeira. Os demais integrantes, são quatro pioneiros do grupo: os violonistas Luís Clovis Girardi e Egbert Parada, o gaiteiro Edilberto Bérgamo e o baixista João Marcos Negrinho Martins.

Bom retorno ao Alma Musiqueira.


Fonte: blog Ronda dos Festivais, de Jairo Reis

Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.