Para Estudar - Questões de Prova


PROVA ESCRITA 49ª CIRANDA CULTURAL DE PRENDAS
CATEGORIA ADULTA – FASE REGIONAL

1ª PARTE: TRADICIONALISMO, TRADIÇÃO E FOLCLORE

01. Assinale a informação incorreta:
a - O Conselho Diretor é o órgão encarregado de estabelecer, orientar e comandar a administração executiva do MTG
b - As reuniões da Convenção Tradicionalista são dirigidas pelo Presidente do MTG
c - A Assembléia Geral Eletiva é instalada pelo Presidente do Congresso Tradicionalista Gaúcho
d - As Regiões Tradicionalistas são constituídas por determinado número de entidades, filiadas ou não

02. O Congresso Tradicionalista Gaúcho é um dos órgãos normativos do Movimento Tradicionalista Gaúcho. Este órgão assegura a democracia no meio tradicionalista, uma vez que garante a todas as entidades filiadas o direito de participar e debater sobre os assuntos abordados durante sua realização. Compete ao Congresso Tradicionalista Gaúcho:
1 - Traçar as diretrizes, rumos e princípios do MTG
2 - Apreciar o relatório final do Conselho Diretor
3 - Incrementar e popularizar as atividades tradicionalistas
4 - Criar, extinguir ou desmembrar Regiões Tradicionalistas
Escolha a opção correta:
a - 2 - 3 - 4
b - 1 - 3 - 4
c - 1 - 2 - 3
d - 1 - 2 - 4

03. Das afirmações abaixo todas estão corretas, exceto:
a - Regionalismo é uma corrente artística que encontra expressão nos diversos aspectos da arte e literatura de uma região
b - Regionalismo é a expressão do valor cultural e artístico de uma região
c - Regionalismo é a alma do povo gaúcho
d - Regionalismo é o conjunto preservado das tradições populares

04. Histórias como as de Trancoso e Pedro Malazartes, fadas, ditados e romances fazem parte das inúmeras contribuições que nos deixaram os imigrantes:
a - Espanhóis
b - Poloneses
c - Portugueses
d - Italianos

05. Eles estiveram entre os primeiros tropeiros, peões e charqueadores. Deixaram como herança o gosto pelos enfeites, berloques, brincos e uso de turbantes. Nos referimos aos:
a - Índios
b - Negros
c - Açorianos
d - Italianos

06. Com relação à gastronomia, herdamos dos açorianos um prato típico feito com muito caldo, vegetais, linguiça (peixe ou carne), uma parte de pirão, ovos duros misturados ao caldo que sobra do pirão. Este prato é conhecido como:
a - Fervido
b - Sorda
c - Cadela-oveira
d - Cabo-de-relho

07. Os imigrantes alemães contribuíram muito para o aumento demográfico do Rio Grande do Sul, seu desenvolvimento econômico e trouxeram várias contribuições culturais, como por exemplo, os Kerbs, festa que durava três dias e realizada em homenagem:
a - Ao padroeiro da colônia
b - Aos imigrantes mais antigos
c - Ao sucesso nas colheitas
d - Ao padroeiro da igreja

08. _______________ é um folguedo que acontece no mês de outubro. Entre suas figuras, destacam-se os dançantes que trazem, preso abaixo dos joelhos, um par de maçaqualas e guizos. A culminância da festa acontece com a procissão em louvor a Nossa Senhora do Rosário. Este folguedo é conhecido como:
a - Bumba-meu-boi
b - Folia do Divino
c - Terno de Santos
d - Congada

09. A bebida símbolo do Rio Grande do Sul é o chimarrão: representa a hospitalidade e confiança depositada. Pode ser tomado solito, em parceria, mas é numa roda de chimarrão que se agrupam pessoas, para uma boa conversa e comparações do "amargo" com a vida! A expressão "Anda como mate apertado" significa:
a - Triste, sem graça
b - Exibido, faceiro
c - Bondoso, generoso
d - Em dificuldades, com problemas

10. O hábito de "encilhar o mate" significa:
a - Trocar toda a cevadura
b - Substituir uma parte da erva por outra mais nova
c - Servir o mate com a mão direita
d - Virar a erva para a outra metade da cuia, antes vazia

11. "Quem quiser saber meu nome
Dê uma volta no jardim
Que meu nome está escrito
Numa folha de jasmim"
Estes versos caracterizam:
a - Um trava-língua
b - Um formulete
c - Uma quadrinha
d - Uma adivinha

12. Um de nossos exímios pensadores no meio tradicionalista, Barbosa Lessa também era advogado, jornalista, historiador, compositor, contista e romancista. Com todas essas qualidades, não marcou apenas a história do tradicionalismo, mas também do Rio Grande do Sul. Na literatura Regional, Luiz Carlos Barbosa Lessa destaca-se como autor de valiosos trabalhos, entre os quais podemos destacar:
a - A Retirada de São José do Norte e Boi das Aspas de Ouro
b - São João na Tradição Gaúcha e Gaúchos de Faca na Bota
c - O Circo é seu e João Cruzeiro
d - Lendas do Sul e Casos do Romualdo

13. Dança de origem açoriana, dançada em conjunto por pares soltos, dependentes, com características do ciclo das contradanças, apresenta características românticas conforme a evolução das figuras. A qual dança estamos nos referindo?
a - Chote carreirinho
b - Tatu com volta no meio
c - Chote de sete voltas
d - Chimarrita

14. As festividades juninas foram introduzidas no Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial. Entre as atividades do ciclo junino destacavam-se as quermesses, que eram muito prestigiadas e consistiam em:
a - Festas ao ar livre com vários desafios e jogos com a tombola (bingo)
b - Festas de motivação religiosa normalmente realizadas no salão da igreja onde eram servidos alimentos, comidas tradicionais da época
c - Novenas com distribuição de bençãos e pãezinhos
d - Procissões em homenagem aos Santos Juninos

15. Em certos cemitérios existe, em determinado local, uma cruz maior. Assim as pessoas distantes dos locais onde se encontram seus entes enterrados, aí rezam ou acendem velas. A este rito, dá-se o nome de:
a - Cruz de Estrada
b - Santa Cruz
c - Cruz Mestra
d - Cruz das Almas

2ª PARTE: HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL

16. Leia com atenção as afirmações abaixo, colocando V se forem verdadeiras e F se forem falsas.
1 - Estrategicamente, os índios missioneiros serviam aos interesses espanhóis como barreira ao avanço dos portugueses ao sul
2 - No setor urbano dos povoados missioneiros ficaram as moradias, a igreja e a administração
3 - No setor rural ficavam as estâncias, os currais, os ervais e as lavouras
4 - Abambaé era a propriedade coletiva e Tubampaé era a propriedade particular de cada família
Agora assinale a opção que contém a sequência correta:
a - F - V - V - V
b - V - V - V - F
c - F - F - V - V
d - V - V - F - F

17. A Colônia do Sacramento fundada em 1680 pelos portugueses liderados por Dom Manoel Lobo, em frente a cidade de Buenos Aires, na margem esquerda do Rio Prata, tinha entre suas finalidades:
1 - Representar aos interesses estratégico-militares e econômicos de Portugal
2 - Ampliar os domínios territoriais portugueses na região
3 - Combater o domínio espanhol sobre o comércio que prosperava na região, tendo o rio do Prata como importante meio de escoamento para o mercado europeu
4 - Viabilizar um clima de paz e convívio harmonioso entre os portugueses e castelhanos, evitando assim os ataques à Colônia
Assinale a opção que contém apenas afirmativas corretas:
a - 1 - 3 - 4
b - 1 - 2 - 4
c - 1 - 2 - 3
d - 2 - 3 - 4

18. As desavenças entre portugueses e espanhóis foram muitas e muitos foram os tratados estabelecidos entre as duas nações. Entre estes, em outubro de 1777 é assinado o Tratado de Santo Ildefonso, o qual estabelecia, além dos Campos Neutrais, o seguinte:
A - Portugal ficava com os Sete Povos das Missões e a Vila de Rio Grande
B - Espanhóis ficavam com a Colônia de Sacramento e a Vila de Rio Grande
C - Espanhóis ficavam com a Colônia de Sacramento e os Sete Povos das Missões
D - Os portugueses retomavam a ilha de Santa Catarina e a Vila de Rio Grande
Assinale a opção que contém apenas afirmativas corretas:
a - A - C
b - B - D
c - C - D
d - A - B

19. Na época do tropeirismo na região Sul destacou-se um tipo de tropa composta por animais com cangalhas onde pendiam as bruacas, jacás ou canastras. Estas tropas eram conhecidas pelo nome de:
a - Xucra
b - Arreada
c - Madrinheira
d - Tangedora

20. O charque foi por muito tempo a principal economia do Rio Grande do Sul e um dos principais motivos da Revolução Farroupilha (1835 - 1845) pelas seguintes razões:
1 - A coroa portuguesa cobrava altos impostos sobre o charque gaúcho
2 - O charque platino cruzava a alfândega com várias isenções
3 - Não havia condições de concorrência entre o charque gaúcho e o charque platino
4 - Os moradores da província do Rio Grande de São Pedro não reclamavam do alto preço sobre o charque gaúcho porque este valor era revertido em benfeitorias como estradas, escolas, pontes, etc.
Assinale a opção que contém apenas afirmativas corretas:
a - 2 - 3 - 4
b - 1 - 3 - 4
c - 1 - 2 - 3
d - 1 - 2 - 4

21. Após a proclamação da República Rio-Grandense pelo General Antônio de Souza Neto, em 11 de setembro de 1836, entre as realizações do novo governo, é incorreto afirmar que:
a - Fundaram uma república separatista que adotou uma nova Bandeira, Escudo de Armas e Hino Nacional
b - Consideravam os brasileiros de outras províncias como estrangeiros
c - Retiraram os seus representantes diplomáticos no Prata
d - Possuíam leis próprias e um projeto de Constituição liberal

22. A literatura regionalista no Rio Grande do Sul é aquela feita por autores eruditos, sobre o gaúcho, seus usos e costumes. Neste meio destacou-se o Patrono do Tradicionalismo, João Cezimbra Jaques, com as seguintes obras:
a - Alma Bárbara e Rincão
b - Ruínas Vivas e Tapera
c - O Drama das Coxilhas e No Fogão Gaúcho
d - Assuntos do RGS e Ensaio Sobre os Costumes do RGS

23. Em 1893 aconteceu a Revolução Federalista, logo após a eleição de Júlio de Castilhos como Presidente do Estado do Rio Grande do Sul. Este confronto deu-se entre:
a - Borgistas e Castilhistas
b - Maragatos e Pica-Paus
c - Governistas e Pica-Paus
d - Maragatos e Assisistas

24. Sobre o movimento revolucionário ocorrido no Rio Grande do Sul no ano de 1923, após Borges de Medeiros ter sido eleito no ano anterior em eleições eivadas de acusações, assinale a alternativa incorreta:
a - O chefe civil deste movimento foi Assis Brasil
b - A revolta foi deflagrada no dia 25 de janeiro de 1923 e tinha por finalidade garantir a posse de Borges de Medeiros no poder
c - Visava evitar a posse de Borges de Medeiros como Presidente do Estado devido às fraudes ocorridas nas eleições
d - A paz foi assinada no castelo de propriedade de Assis Brasil na localidade de Pedras Altas

25. Em 1930, após assumir o governo provisório da República, Getúlio Dorneles Vargas dissolveu o Senado, a Câmara dos Deputados, as Assembleias Estaduais, e as Câmaras Municipais. Além disso demitiu funcionários públicos e nomeou interventores para os Estados. No Rio Grande do Sul quem assumiu o governo foi _______________, um dos articuladores da revolta, até a nomeação do interventor.
a - Ernesto Dorneles
b - Flores da Cunha
c - Osvaldo Aranha
d - Daltro Filho

3ª PARTE: GEOGRAFIA DO RIO GRANDE DO SUL

26. Com relação à hidrografia, os rios que deságuam diretamente no Oceano Atlântico, oriundos do próprio litoral são pouco expressivos devido a sua pouca largura, baixo declive e a natureza dos areais. O mais notável deles é:
a - O rio Piratini
b - O rio Chuí
c - O rio Jaguarão
d - O rio Camaquã

27. A vegetação original do nosso Estado sofreu diversas alterações desde o início da colonização. A intervenção do homem no meio ambiente através do plantio de árvores em áreas onde havia florestas é conhecida como:
a - Florestamento
b - Restauração Vegetal
c - Reflorestamento
d - Desmatamento

28. Segundo Manoelito Carlos Savaris, autor do livro "Manual de Tradicionalismo Gaúcho", o Pico do Monte Negro, ponto mais elevado do Rio Grande do Sul, localiza-se no município de:
a - São José dos Ausentes
b - Vacaria
c - São José do Herval
d - Caxias do Sul

29. Unidades de conservação da natureza são áreas onde a ação humana sofre restrições legais, de forma parcial ou total. A primeira unidade de conservação da natureza criada no Rio Grande do Sul foi:
a - O Parque Nacional da Lagoa do Peixe
b - Refúgio de Vida Silvestre Banhado dos Pacheco
c - Parque Estadual do Delta do Jacuí
d - Parque Estadual do Turvo

30. O pêssego ocupa maior espaço de produção nacional, especialmente na serra gaúcha e ao sul do Estado. Dentre as cidades produtoras destacam-se:
a - Montenegro - São Sebastião do Caí - Brochier
b - Soledade - Nova Petrópolis - Viamão
c - Bento Gonçalves - Pelotas - Canguçu
d - Pareci Novo - São Leopoldo - Gramado

Gabarito
1 - d, 2 - c, 3 - d, 4 - c, 5 - b, 6 - b, 7 - d, 8 - d, 9 - d, 10 - b, 11 - c, 12 - a, 13 - d, 14 - b, 15 - c, 16 - b, 17 - c, 18 - c, 19 - b, 20 - c, 21 - c, 22 - d, 23 - b, 24 - b, 25 - c, 26 - b, 27 - c, 28 - a, 29 - d, 30 - c


Fonte: blog Cantinho Gaúcho, de Carolina Bouvie

Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.