Em 2018, 230 anos do nascimento de Bento Gonçalves


O ano de 2018 está repleto de datas importantes para serem comemoradas. Teríamos os 230 anos do nascimento do General Farroupilha e Presidente da República Rio-grandense, Bento Gonçalves da Silva (23/09/1788), os 180 anos da tomada de Rio Pardo pelos farrapos, 180 anos do Hino Farroupilha, os 180 anos do Jornal "O Povo", 160 anos do Teatro São Pedro (1858), 150 anos do Partenon Literário, 80 anos da Sociedade Gaúcha de Lomba Grande, 70 anos da Comissão Gaúcha de Folclore, do Conjunto Farroupilha e do pioneiro, 35 CTG, 20 anos do Hino Tradicionalista e da inauguração da sede do MTG.

Um ano, sem dúvida nenhuma repleto de efemérides. Mas em especial comemorarmos os 230 anos do nascimento do grande herói farroupilha, Bento Gonçalves. O homem que os pais queriam ver padre, encilhou seu cavalo e foi para o Uruguai, para ser um militar, um guerreiro e entender a politica. Ao retornar, veio a se tornar o principal líder da Revolução Farroupilha.

Era primavera, de 1788, na estancia da Piedade, em Triunfo, nascia, no dia 23 de setembro,  o bisneto de Jerônimo de Ornellas e o décimo filho de Joaquim e Perpetua Gonçalves: Bento. Espadachim e cavaleiro habilidoso, Bento sentia prazeres nas lidas do campo. Aos 23 anos apresentou-se  à Companhia de ordenanças de D. Diogo de Souza, que preparava a invasão da Banda oriental. Aos  26 anos casou-se com a uruguaia, Cayetana. Sua formação nacionalista se completa com a entrada para a maçonaria, no ano de 1830.

Em 1833, como comandante da fronteira de jaguarão, Bento acabou acusado de traição pelo presidente da província, José Mariani tendo que responder na corte, no Rio de Janeiro. Lá Bento demonstrou seu poder de convencimento e, fez sua defesa, frente ao Regente Feijó, sozinho. Ao derrubar a acusação voltou para a província chefe da Guarda nacional. Em 1835, voltou a ser acusado pelo presidente da Província Fernandes Braga, que ele ajudara a colocar no poder. Foi a gota d'água, para a tomada de Porto Alegre iniciando a Revolução Farroupilha.


Fonte: blog do Rogério Bastos

Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.