No dia 25/02 o portal Estância Virtual fez uma série de questionamentos sobre o futuro do FEGADAN 2018. 

Diante do fato de nenhum pronunciamento ter sido feito neste ano de 2018, o portal resolveu procurar o MTG e entender o que pensam sobre o Festival, como fazer para fomentá-lo, onde será, data... etc. 

A conversa foi com o sub-diretor artístico Sandro Nicoloso, que permanecerá na função em 2018, além de outras pessoas do MTG ligadas a artística. 

Em resumo, o MTG não pode falar muito, nem mesmo prometer local e data confirmados, pois não depende unicamente dele, mas sim também das prefeituras... 

Vamos as perguntas e as possíveis respostas que obtivemos através da prosa a distância, nas nossas palavras e não das pessoas que falamos, para resumir.

1 - Qual a projeção do MTG para o FEGADAN em 2018?  

Estima-se que cresça, porém depende muito do diálogo entre as entidades. No que depender do MTG, crescerá. 

2 - Quem serão os responsáveis pelo FEGADAN, em vista que o Toni Pereira e o Sandro Nicoloso não fazem mais parte da equipe? 

Madeline Zancanaro continua na direção de Danças Tradicionais.
Rodrigo de Moura é o novo Vice-Presidente Artístico, no lugar do José Roberto Fischborn.
E Sandro Nicoloso continua como sub-diretor artístico. 

3 - Permanecerá em Antônio Prado, na mesma data de Outubro? 

Sem respostas, deve ser definido até maio, porém pode haver mudanças sim... 

4 - Quando haverá uma reunião para que os CTG possam opinar sobre o Festival, buscando melhorar cada vez mais?  

No dia 30/06 haverá uma Oficina de Danças Campeiras, como já ocorreu em 2017.
No dia 01/07 haverá uma reunião entre Instrutores dos grupos Participantes, para avaliar o festival em 2017.
Nossa opinião: muito tarde essa reunião, pois qualquer mudança maior, já será em cima do laço, mas é melhor que nada, então...

5 - O que o MTG pretende fazer para fomentar este festival, que está sob a sua responsabilidade, porém praticamente não tem verba para auxiliar? 

Acredito que a Oficina já seja neste sentido de incentivar novos grupos a participarem, inclusive grupos que dançam o ENART neste ano. Se novas ações serão feitas, não foram divulgadas ainda.


Fonte: portal Estância Virtual, de Guilherme M. Lorscheider
Para ver a publicação original, clique aqui.
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: