Raineri Spohr, um artista que conquista seus espaços com talento e simplicidade


Raineri Spohr, 36 anos, natural de Dom Pedrito, cursava bacharelado em Canto, na Universidade Federal de Pelotas, nos anos de 2000 e 2001 concorria a interprete solista vocal no Enart, hoje desenvolve lindo projetos musicais pelo Brasil; Amante da musica sertaneja de raiz, desenvolve um trabalho voltado a cantar Cesar passarinho. Gente como a gente. Artista de renome no meio dos festivais de música, Raineri conversou conosco sobre sua carreira. Conheça umpouco deste grande artista que não deixa de lado sua simplicidade.

BLOG - Um artista de tanto sucesso, como foi teu inicio, lá na tua juventude?
Não digo sucesso meu amigo, diria bastantes amigos que sempre fazem fundamento em qualquer chão!
Morei no MT, cidade Ribeirãozinho, uns 400km ao sul de Cuiabá, lá sim, digo que foi o inicio e contato com a musica, cantava musicas de Joao Carreiro, Sergio Reis, Tonico e Tinoco, e outras da época isso finais dos anos 80 pra 90, participei de festivais de calouros, palcos improvisado nos caminhões do interior, Dias de Reis, Festas Folclóricas da região...E, em 1992, voltamos para Dom Pedrito, embora cantando musica de raiz do Mato Grosso nas jantas, finais de ano,  nos familiares tinha a curiosidade das musicas que tocava nas rádios.
Perguntei pro meu pai que musicas seriam aquelas, pois desde sempre em nossos churrasco de domingo era embalado pelo Serranos, Bertussi, Três xirus e Gaúcho da Fronteira...pois foi ai que ganhei  fitas k-7, LP´s da Califórnia da Canção Gaúcha, Coxilha Nativista, entre outros.
Entrei em aulas de violão no conservatório de musica Carlos Gomes, voltado as tradições que pouco conhecia mas sempre me agradei...na época do ensino médio tinha o festival de musicas das escolas pedritenses que numa seleção descobriram que eu cantava...desde lá não parei! Cantei 11 anos pra invernadas e nessa lida conheci muita gente fundamental para uma carreira.

BLOG - Chegar ao Enart foi importante para tua carreira?
Claro que sim... Ate hoje, um dos maiores e se não o maior encontro de arte do Brasil. O importante é se dedicar compromisso e respeito pela cultura só assim colher bons frutos.

BLOG - E o crescimento, dentro dos festivais, como foi?
Foi através de convites de amigos, compositores, arranjadores que tiveram confiança no meu canto... Muito ensaio, muito trabalho e dedicação.
Primeiro festival profissional de minha vida foi Gauderiada da Canção Gaúcha, em Rosário de Sul, participando foi maravilhoso, conheci muita gente que ate hoje estão em atuação, outros não estão mais ou nos deixaram...
Muitos conselhos recebi e sempre fui de escutar mais, recebi vários convites, que abriram portas fundamentais...participei todos os festivais no Rio Grande Sul, variados premiações entre 1°,2°, e 3°, mais popular, melodia, arranjo, além desses, são 28 de melhor interprete e 400 musicas em cd´s de festivais.

BLOG - Qual tua musica que fez mais sucesso?
Já que são tantas que canto e compostas que acredito que seja por épocas e região! Mas tem a mimosa, “Ate o fim dos meus dias”, de autoria minha Eduardo Munoz e Hélvio Casalinho

BLOG - Fala sobre o projeto cantando Cesar Passarinho
Tenho muito carinho pelo projeto como falei antes que morei no Mato Grosso Cesar passarinho foi o primeiro cantor que escutei aqui no RS quando voltamos, musica "os cardeias".
Este Projeto foi pensado e realizado em 2007 na cidade de pelotas no teatro sete de abril , quando fazia musica no entardecer, mandamos o projeto e passou a apresentação foi magnifica... O teatro todo aplaudiu de pé...embora outro acontecimento foi na cidade de Lages/SC apos o lançamento do meu primeiro disco " por campo e galpões" pediram bis e fizemos uma do passarinho, fizemos mais três a quatro musicas, foi lindo...sempre canto em apresentações musicas dele, sempre bem recebidas...pois bem, depois de 10 anos botamos o projeto no papel juntamente com Douglas Ferreira e esta sendo um sucesso, graças a Deus!

BLOG - Quando não esta nas cantorias o que Raineri costuma estar fazendo?
 ...pois bem moro na cidade de forquetinha uns 18 km de lajeado, na cabanha montanha do carrasco, quando não estou em viagem estou la lidando na cavalhada, curando uns boi, engraxando umas cordas, dando bóia pro bicho, pregando uma tabua, arrumando uma  cerca, fazendo lenha...caseriando!

BLOG - Comida preferida - Assado de Tira
BLOG - Filme: a espera de um milagre
BLOG - Livro: Livro dos abraços (Eduardo Galeano)

Raineri Spohr - www. rainerispohr.com.br
facebook: /cantorRaineriSpohr  -  Twitter: @RaineriSpohr
Contatos: contatoraineri@gmail.com      Fones: (53) 3243-5404  (53) 8426-0302  (53) 8123-9200

Fonte: blog do Rogério Bastos

Postar um comentário

[blogger][facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#https://twitter.com/italodornelesrs} {google-plus#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget