Pedrinho Figueiredo convida Frank Jorge para o Toque Show do dia 18 de janeiro

Frank Jorge canta e conta causos sobre a sua trajetória. Foto Pedro Revillion

 
Roqueiro que abriu o show do beatle Paul McCartney em PoA dá seguimento ao ciclo de música e conversa no Quintal Bar e Cultura

Tudo indica que a segunda edição do projeto Toque Show, comandada pelo saxofonista e flautista Pedrinho Figueiredo, deverá repetir o sucesso do programa da estreia (com Hique Gomez), ocorrido nesta última quinta-feira, no Quintal Bar e Cultura, na Cidade Baixa, em Porto Alegre. Para consolidar a proposta de muita música regada a bate-papo, a atração é o músico Frank Jorge. O encontro ocorre na próxima quinta-feira, dia 18 de janeiro, às 21h30min. O artista convidado é acompanhado pelo flautista e saxofonista em algumas músicas e conversam sobre acontecimentos significativos em sua carreira, formação e curiosidades. A plateia pode participar, encaminhando perguntas escritas.

O Quintal Bar e Cultura tem um espaço especial para essa programação. O minianfiteatro é aconchegante, com acomodação para somente 30 pessoas, o que possibilita um clima intimista, como boa conversa numa roda de música.

As próximas atrações do Toque Show, sempre às quintas-feiras, às 21h30min, são: Arthur de Faria (25/01); Marcelo Delacroix (01/02) e  Nelson Coelho de Castro (08/02).

Sobre Frank Jorge

Músico, escritor, apresentador de rádio e TV, professor de Produção Fonográfica e História do Rock, na Unisinos, Frank Jorge já lançou oito discos (cinco como integrantes de bandas gaúchas e três solos), além ter publicado três livros. A mais recente conquista do cantor foi abrir, em outubro deste 2017, o show do beatle Paul McCartney em Porto Alegre, mas Frank Jorge tem uma longa e diversificada carreira. O marco foi em 1986, quanto passou a integrar a banda Os Cascavelletes, referência importantíssima do rock gaúcho ao lado de De Falla, TNT e Replicantes. Naquele mesmo ano, passa a cursar Letras na PUC, reforçando o lado compositor e passando a transitar nos circuitos universitários e alternativos da música porto-alegrense. Outra banda marcante e uma das precursoras do rock independente no Brasil foi a Graforréia Xilarmônica, criada em 1987, e que passou a integrar o casting do selo indie Banguela Records nos anos 1990.

Sobre Pedrinho Figueiredo

Pedrinho Figueiredo é flautista, saxofonista, arranjador, compositor, consultor de acústica e instalações de áudio, técnico de som e produtor, com larga experiência na área da música instrumental. Há 28 anos integra o Quarteto Renato Borghetti. Neste período lançou seu único álbum, Primeira Impressão. Recentemente, criou o projeto Sobre Rodas de Choro e Chimarrão, com Samuca do Acordeon, tendo levado este projeto por 15 cidades do Rio Grande do Sul e também para Punta del Este e Montevidéu. Com Samuca estreou, também em Montevidéu, no Festival Música de La Tierra, seu novo espetáculo, "Sons do Ar". Recentemente, montou o espetáculo Bossa de Dois, com o pianista Luiz Mauro Filho, em homenagem ao histórico vinil lançado por Elis e Jair Rodrigues em 1965, Dois na Bossa. Premiado diversas vezes nos festivais nativistas, já foi indicado 11 vezes para o  Troféu Açorianos de Música, tendo recebido o prêmio de "Melhor Instrumentista em Sopro", em quatro edições, e de "Melhor Produtor" em uma.

SERVIÇO:
O Quê: Toque Show, com Pedrinho Figueredo e Frank Jorge
Quando: 18 de janeiro de 2018, quinta-feira, 21h30min
Onde: Quintal Bar e Cultura - Rua Luiz Afonso, 549 - Cidade Baixa, Porto Alegre-RS
Quanto: valor R$70,00, com 50% de desconto para estudantes, idosos e classe artística, e também com 50% de desconto na compra antecipada no site:  https://www.sympla.com.br/ToqueShow
Informações: toqueshowpf@gmail.com


Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu (MTB 8679-4)
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.