Dimas Costa, o Xiru Divertido

Poeta e radialista, apresentador do programa Rodeio Coringa, Dimas Nogues Costa, o Xiru Divertido, como era conhecido, foi apresentador de programas regionalistas no rádio e televisão. Comandou, na Rádio Farroupilha de Porto Alegre, nos anos 50, os programas Festança na Querência, Céu e Campo, Entardecer na Querência, Pelos Caminhos do Pago e Alma do Rio Grande.

Foi poeta com 12 obras editadas e, mais ao final de sua carreira literária, dedicou-se a criar poemas para mulheres e crianças declamarem.

Como compositor foi autor do conhecido Parabéns Crioulo, em parceria com Eleu Salvador. Teve atuação no cinema voltado também a temas regionalistas, onde trabalhou como ator em oito longas metragens.

O seu poema mais conhecido tem por título A Morte do Brigadiano e começa desta maneira:

Houve o tempo em que a "folha"
era a arma respeitada,
pois assim era chamada
a espada do brigadiano.
E nas pendengas do pago,
quando a indiada se atracava,
muitas vezes ela cantava
no lombo de algum paisano.


Colaboração: Hilton Araldi
Fonte: blog do Léo Ribeiro
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: