O movimento tradicionalista foi criado no final da década de 1940 em contraposição ao "way of life" (modo de vida norte-americano) muito difundido no fim da Segunda Guerra Mundial e, também, contra as consequências da política de integração nacional imposta pelo presidente Getúlio Vargas (1882-1954), até com queima das bandeiras e dos hinos estaduais. O movimento foi deflagrado pelo trio: Luiz Carlos Barbosa Lessa (1929-2002), João Carlos Paixão Cortes (que há pouco festejou seus 90 anos de idade) e Glaucus Saraiva da Fonseca (1921-1983), ao qual se agregaram outros cinco gaúchos autênticos, formando o Grupo dos Oito. Este grupo de jovens precursores do tradicionalismo fazia reuniões nos porões das casas de suas famílias para churrasquear, matear e, principalmente, poetar, deflagrando as tertúlias.

Barbosa Lessa, advogado e mentor intelectual do movimento, começou a escrever livros aos 11 de idade e, desde então, datilografava seus muitos e bons escritos que deixou. Hoje, o movimento, que tem como um dos seus princípios "cultuar e difundir nossa história e nossa cultura", comemora a data maior do RS com bailões, comilanças, muita bebida, "shows" musicais e múltiplas atividades culturais.

Mas as tertúlias são raras, a poesia foi esquecida, e os livros são poucos. Além disso, devido a uma disciplina difícil de compreender, os livros são proibidos de serem comercializados nos galpões dos piquetes. Como também é difícil de entender que, num parque do tamanho do da Harmonia, não exista espaço para a livre circulação e comercialização de livros e, consequentemente, da difusão democrática da poesia.


Texto: Chasque do jornalista Sérgio Becker, publicado na coluna Opinião do Jornal do Comércio de Porto Alegre - RS, edição do dia 29 de novembro de 2017.
Foto: sítio do Sebo do Messias
Fonte: blog Sítio do Gaúcho Taura, de Valdemar Engroff
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: