Artistas da dança irão discutir e trocar experiências entre si e com a plateia. Foto: Nanah D'Luize
Quatro dias para celebrar a dança
De 22 a 25 de novembro, o Theatro São Pedro será palco do 2º Gestos Contemporâneos, promovendo comunhão, reflexão e debate


A dança contemporânea entrará no foco dos acontecimentos culturais de Porto Alegre com a realização do 2º Gestos Contemporâneos, entre os dias 22 e 25 de novembro, no Theatro São Pedro (TSP). A iniciativa busca a valorização dos grupos independentes de dança contemporânea da Capital Gaúcha e atua como um espaço privilegiado de trocas de saberes, técnicas e estéticas de criação. A programação inclui cinco companhias de dança locais, cuja qualidade as projeta nacionalmente, e duas obras nacionais, além de uma exposição e duas palestras. A curadoria é assinada por Maria Waleska Van Helden. A realização é do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Theatro São Pedro e Sistema Fecomércio-RS/Sesc.

- Neste momento em que a arte se sente ameaçada, ora por falta de incentivo, ora por uma censura ilegítima, o evento Gestos Contemporâneos vem promover as companhias de danças de Porto Alegre que sobrevivem do esforço e do talento, afirma a curadora do encontro, Maria Valeska Van Helden.

Gestos Contemporâneos homenageia nesta segunda edição a professora e coreógrafa, Eva Shul, e o diretor, coreógrafo, bailarino e fotógrafo, Antonio Carlos Cardoso, pelo trabalho que ambos desenvolveram em prol da dança contemporânea. - Suas admiráveis criações e seu comprometimento com a formação de novos profissionais contribuíram, significativamente, para o desenvolvimento da dança contemporânea no Estado e no País, destaca Dilmar Messias, diretor artístico do Theatro São Pedro.

Os ingressos para os espetáculos do 2º Gestos Contemporâneos já estão à venda na bilheteria do TSP. O valor é de R$ 20,00, com direito a meia entrada para associados da AATSP, estudantes, jovens de baixa renda, pessoas com deficiência, idosos, clientes com Cartão Sesc/Senac na categoria Comércio e Serviços e classe artística. As palestras e a exposição têm entrada franca.

Os homenageados:

Antonio Carlos Cardoso (Porto Alegre, RS, 1939)

Antonio Carlos Cardoso iniciou sua aproximação com a dança em Porto Alegre, sua cidade natal, onde teve aulas de dança clássica com Tony Petzhold e Marina Fedossejeva, com quem estudou durante três anos. No início dos anos 1960, seguiu para o Rio de Janeiro, para o Corpo de Baile do Theatro Municipal, onde começou sua carreira profissional. Depois de ter trabalhado em companhias europeias, ajudou a mudar a direção da dança brasileira ao assumir a direção do Corpo de Baile Municipal (atual Balé da Cidade), em 1974. Em sua gestão, trabalhou ao lado de importantes coreógrafos como Oscar Araiz, Victor Navarro e Sônia Mota. Em 1981, participou da criação do Balé Teatro Castro Alves (BA), companhia que dirigiu com intervalos até 2005. Em Salvador (BA), começou sua carreira de fotógrafo, que já lhe rendeu publicações em respeitadas revistas e catálogos.

Vídeo:
http://www.canalcurta.tv.br/pt/filme/?name=antonio_carlos_cardoso
https://www.youtube.com/watch?v=kPseH6YN4ls

Eva Shul (Cremona, 3 de fevereiro de 1948)

Nascida na Itália, Eva Schul reinventou a dança moderna e contemporânea no Sul do Brasil. Em 1963, formou-se bailarina pela Escola de Artes Landes, em Porto Alegre (RS). Descobriu a dança moderna após participar do 1° Congresso da Dança Clássica do Brasil, em Curitiba (PR). Em seguida, viajou para Buenos Aires (ARG) e estudou dança moderna com as professoras e coreógrafas Renate Schottelius e Ana Itelmann. Nesse período, Eva também estudou a técnica Martha Graham. Em 1964, mudou-se para os Estados Unidos para estagiar no New York City Ballet, onde estudou improvisação e composição coreográfica, conscientização do movimento e o sistema Laban/Bartenieff. No início dos anos 1970, cria o Espaço Mudança. Dizendo-se insatisfeita com as práticas coreográficas que não permitiam o desenvolvimento de uma expressão própria e de um diálogo direto com a plateia, vai desenvolver estratégias para permitir que o corpo protagonize livremente esse diálogo.

Em 1975, Schul é convidada por Alwin Nikolaïs para trabalhar em Nova Iorque. Durante sete anos, estuda com Nikolaïs e principalmente com Hanya Holm os princípios que embasaram boa parte da dança moderna e pós-moderna. Essas experiências marcaram profundamente seu trabalho. Instalando-se em Curitiba (PR), deu aulas e coreografou para a Companhia de Ballet do Teatro Guaíra. Com importante passagem na área de gestão, Eva contribuiu para a criação dos cursos superiores de Dança e Teatro na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR); foi assessora-diretora de dança do Instituto Estadual de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura (IEACEN/RS). Entre suas principais criações, as coreografias Ecos do Silêncio, Joplin Blues, Hall of Mirrors, Tiro Liro Livre e Canção da Experiência receberam premiações no Festival de Dança de Joinville.  No início dos anos 1990, Schul retorna a Porto Alegre, onde cria a Ânima  Companhia de Dança. Ela continua seu trabalho como formadora e afirma sua prática como pesquisadora, no melhor sentido que esse termo possa ter, fazendo do seu corpo e do corpo das pessoas que dançam com ela território de investigação para a criação coreográfica.

Vídeos:

Figuras da Dança. 35 min. Direção Inês Bogéa
http://www.canalcurta.tv.br/pt/filme/?name=eva_schul

O Destino Brasil Dança, de Deborah Colker.  25 min. Realização Canal Brasil
https://www.youtube.com/watch?feature=youtu.be&v=p-OK-VuM-7g

PROGRAMAÇÃO

22/11/2017 (Quarta)
Abertura da exposição fotográfica "Revelações sobre Morte / Tempo / Vida"
Local: Sala de Exposições do Theatro São Pedro
Performer: Priya Mariana Konrad e Mariel Fabris
Período: Abertura dia 22 de novembro, às 19h. Visitação até o dia 25 de novembro.
Sinopse: O momento da morte com a beleza de renascer, o tempo em contínuo estado de transformação, momento da vida sutil entregue ao ventre.

Economia das Artes Cênicas: Abordagens diagnósticas setoriais e novos modelos de análise econômica e de finanças e políticas de fomento e financiamento.
Palestra com o Prof. Dr. Marcio Pizarro Noronha (RS)
Local: Sala de Oficinas Multipalco
Horário: 18h
Duração: 1h30min
Classificação etária: Livre
Sinopse: Investigação sobre a economia das Artes Cênicas envolvendo modelos de financiamento, políticas de fomento e outros fatores de análise econômica setorial, bem como desenvolver aspectos referentes a agentes e instituições culturais do setor.

Caminhos (1998-2017)
Espetáculo com as performers Sayonara Pereira & Luiza Banov (SP)
Local: Palco do Theatro São Pedro
Horário: 21h
Duração: 35 min
Classificação etária indicativa: 10 anos
Sinopse: "Caminhos" foi criada e dançada originalmente por Sayonara Pereira em 1998, na Alemanha. A peça mostra diferentes estações de uma mulher vivendo a sua terceira década, passando por algumas de suas memórias, sempre guiada por imagens, vozes e ritmos oriundos de diferentes culturas. Na versão atualizada, a narradora é a bailarina Luiza Banov com quem Pereira tem trabalhado desde 2004 em diferentes projetos.

WhatsApp para Shakespeare
Espetáculo com o Canoas Coletivo de Dança (RS)
Local: Palco do Theatro São Pedro
Horário: 21h45min
Duração: 45min
Classificação etária: Livre
Sinopse: Inspirada no universo do dramaturgo William Shakespeare, questiona-se, com certa ironia, as comunicações interrompidas como as mensagens do WhatsApp. Na montagem se expressam e harmonizam o real e o fantástico.

23/11/2017 (Quinta)

Transmissibilidade em criações cênicas
Palestrante com Sayonara Pereira (SP)
Local: Sala de Oficinas Multipalco
Horário: 18h
Duração: 50min.
Classificação etária: 12 anos
Sinopse: Quando a obra original é transmitida para outro corpo, que possui outra história e memórias corporais, o quanto está obra irá se modificar e se atualizar? Partindo de inquietações e provocações como esta, a pesquisadora, valendo-se de alguns exemplos cênicos, irá desenvolver a palestra.

Iluminus
Espetáculo com a New School Dreams (RS)
Local: Palco do Theatro São Pedro
Horário: 21h
Duração: 50 min
Classificação etária: Livre
Sinopse: Iluminus é um espetáculo que utiliza a iluminação como ponto de partida para a construção do movimento. Investiga a transformação de seres de sombra em humanoides constantemente modificados pela presença de luz, propondo para a plateia a experiência de observar essas metamorfoses, analisando e questionando as movimentações de um corpo dançante que se percebe ora em evidência, ora imerso na escuridão.

24/11/2017 (Sexta)

Dance a Letra - Grupão Pocket Live Gestos Caetano
Espetáculo com o grupo Macarenando Dance Concept (RS)
Local: Palco do Theatro São Pedro
Horário: 21h
Duração: 45min
Classificação etária: 18 anos
Sinopse: Conjunto de coreografias criadas a partir da pesquisa de gestos literais para letras de músicas da obra de Caetano Veloso.

25/11/2017 (Sábado)

Tóin 2 - Dança para Segunda Infância
Espetáculo com a Muovere Cia de Dança Contemporânea (RS)
Local: Sala da Música - Multipalco - Theatro São Pedro
Horário: 16h
Duração: 35 min
Classificação: Livre - indicado para crianças de 03 a 07 anos.
Sinopse: Tóin 2 é um espetáculo de dança que apresenta a fantástica aventura vivida por Juju do Bigode Azul, R20 e Romieta. O Bigode Azul de Juju tem o dom de adivinhar pensamentos e a energia da dança. R20 tem a força da dança. E Romieta, a dança da paixão desenfreada. Diferentes, se encontram na bola encantada para brincar de dança, cada um à sua maneira.

Homenagens à Eva Shul e a Antonio Carlos Cardoso
Horário: 21h, antes do inicio do espetáculo de encerramento.
Local: Palco do Theatro São Pedro

Peças Fáceis
Espetáculo com o Grupo Pró-Posição (SP)
Local: Palco do Theatro São Pedro
Horário: 21h
Duração: 45 min
Classificação etária: Livre
Sinopse: Performado por mãe e filha bailarinas, Peças Fáceis (finalista ao Prêmio APCA de melhor espetáculo em 2017), propõe um estudo sonorocoreográfico a partir de peças musicais barrocas, produzindo sons e movimentos na mesma dimensão espaço-temporal.
 

2° GESTOS CONTEMPORÂNEOS
Ficha Técnica:
Curadoria: Maria Waleska Van Helden
Arte Gráfica e Ilustração: Luciano Teston
Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing
Produção: Aresta Cultural
Realização: Governo do Estado do Rio Grande do Sul | Secretaria da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer | Theatro São Pedro | Sistema Fecomércio-RS/Sesc

Serviço:
2º Gestos Contemporâneos
Theatro São Pedro | Praça Mal. Deodoro, S/N - Centro Histórico, Porto Alegre/RS
Espetáculos: R$ 20,00
Os ingressos estão à venda na bilheteria do Theatro São Pedro, de segunda a sexta, das 13h às 18h30 ou até o horário de início do espetáculo. Sábados e domingos, das 15h até o horário de início do espetáculo.
50% de desconto para associados da AATSP, estudantes, jovens de baixa renda, pessoas com deficiência, idosos, comerciários e classe artística.
- Atividades de reflexão e exposição fotográfica
Sala de Oficinas Multipalco - anexo ao TSP
Entrada franca


Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu (MTB 8679-4)
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: