Primeiramente, é extremamente necessário que tu e teus pais tenham pleno conhecimento do regulamento do Concurso e da última Nota de Instrução divulgada pelo MTG (os links estão ao final do post). Ali estão todos os passos da tua preparação, os projetos que serão necessários realizar, as provas que compõem o concurso, a bibliografia indicada, enfim, tudo tudo. NÃO DEIXE DE LER E RELER. Tu precisas estar ciente de TUDO, desde o começo;

Converse com o responsável do Departamento Cultural da tua entidade, de preferência junto ao restante do prendado e de teus pais. Definam juntos de que forma irão trabalhar ao longo do ano, em que parte cada um poderá auxiliar, lembrando que tu é quem deves tomar a frente dos teus projetos, estudos e ensaios. Os demais irão te auxiliar, porém não poderão fazer por ti;


Organize teu tempo... pode ainda parecer cedo demais, mas não é. Faça cronogramas de horas de estudo desde já! Não sei se tu já viu, mas a lista de livros indicados é extensa!;


Tente participar o quanto antes do número de eventos exigido (e depois não deixe de participar por não precisar mais de certificado. Apenas participe sempre que puder, mas sem correr o risco de não conseguir todos certificados que precisas!);


Se possível, marque ensaios de declamação/canto/instrumento (de acordo com o que tu escolheres apresentar), danças e prova oral. Ensaio nunca é demais e isto vai te ajudar a estar mais confiante no momento do concurso;


Defina o assunto que vais abordar na mostra folclórica de acordo com teu interesse, sem fugir, é claro, do tema central descrito na Nota de Instrução. Focar em algo que desperte a tua curiosidade é sempre mais atrativo. Faça uma boa pesquisa, entrevistas diferenciadas e treine muito a tua apresentação, cuidando sempre pra ficar dentro do tempo permitido;


Para os peões sem muita afinidade com campeira, procure alguém com muito conhecimento e didática pra lhe ajudar! Não ache que podes aprender tudo sozinho... e nem uma semana antes do concurso. Saber pedir ajuda é essencial, e virtude dos inteligentes;


Treine MUITO redações com os mais diversos temas. Peça a alguém com bom conhecimento em escrita, ortografia e assuntos tradicionalistas diversos para corrigir. Monte uma pastinha com todas as tuas "criações" e a utilize até o dia do concurso. Ela te ajudará muito, inclusive, na construção da tua apresentação oral;


Prestigie o máximo de eventos da tua região e também de fora dela, esteja presente nos eventos da tua entidade e auxilie coordenadores e patronagem no caminhar da mesma. Se mostre pró-ativo e represente sempre de maneira cordial o encargo que ostentas;


O mais importante de tudo: faça a diferença já durante a tua preparação. Sejas um peão ou prenda de primeira, antes de querer um crachá ou faixa de região. Lembre-se que a decisão de concorrer está sendo tua, portanto é tua obrigação dar o máximo de si e antes de qualquer coisa, representar MUITO BEM a tua entidade em qualquer circunstância.


Links de regulamentos e nota de instrução:
Regulamento da Ciranda Cultural de Prendas
Regulamento do Entrevero Cultural de Peões, Guris e Piás
Nota de Instrução para a Ciranda e Entrevero
Bibliografia Indicada pelo MTG
Pesquisa Peões e Guris
Mostra Folclórica Prendas Mirins, Juvenis e Adultas


Estas são apenas algumas dicas para que tu consigas organizar melhor a tua preparação, e entender a importância da decisão que estás tomando... uma decisão de valor, podes ter certeza!

Todo o aprendizado, crescimento pessoal e amizades que conquistamos nestes concursos é algo que levamos pra vida inteira. Viva cada momento de coração aberto, seja imensamente feliz e realize os teus mais belos sonhos. Tu não vais te arrepender!


Fonte: blog Cantinho Gaúcho, de Carolina Bouvie
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: