Gabriel Castilhos dos Santos
 
Há pouco tempo atrás tive conhecimento deste novo fenômeno da música gaúcha. Crioulo lá de Jaquirana, na serra do nordeste gaúcho, Gabriel Castilhos dos Santos tem impressionado a todos que o assistem abrindo uma botoneira.
 
É dom que vem de berço? Com certeza, pois o Gabriel tem apenas dois anos e pouco de lida com o instrumento. A partir de 2014, com a morte de seu avô Zaldo Ribeiro de Castilhos, que tinha gosto por tocar uma cordeona e abrir o peito numa trova, é que Gabriel, então com nove anos de idade, mostrou interesse musical. Pediu uma gaita para seu pai e, ao cabo de pouco tempo, meio que solito, já dava seus primeiros acordes. Como todos notaram que ali havia um talento nato, incentivaram a família a procurar um professor e o lendário João Maria, de Vacaria, ensinou as primeiras técnicas ao guri. Com seu progresso musical, hoje Gabriel vai uma vez por semana a Caxias do Sul para ter aulas com o professor Thiago Camargo.
 
A comunidade de Jaquinara se orgulha deste talentoso filho. Como sua antiga gaita tinha poucos "recursos" e os pais não podiam comprar uma nova, foi feito um almoço em benefício do pequeno gaiteiro. Foram vendidos 650 ingressos, uma enormidade para o tamanho da cidade, e hoje o Gabriel Castilhos dos Santos já floreia numa gaita nova.
 
Por isto que eu digo: Por mais que queiram mudanças, inovações, progressos, enquanto houver o repasse de sangue para sangue, nossa tradição será perene.
 
Parabéns e avante Gabriel e tantos outros meninos e meninas deste Rio Grande eterno.
 

Fonte: blog do Léo Ribeiro
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: