Arroio Grande busca reviver os grandes Festivais


Palco de memoráveis festivais musicais como a Payada, que trazia artistas renomados do Cone-Sul, e atualmente com o Expocanto festival de música nativista que acontece dentro da programação da Expofeira, o município de Arroio Grande buscando fomentar a cultura e valorizar os talentos locais e reativar a realização de festivais, realiza nesse sábado (27) a 1º Edição do Festival Uma Nova Canção Para Nossa Terra. O evento conta com a organização da Secretaria Municipal de Cultura de Arroio Grande com o apoio do Gabinete da Primeira Dama. Subirão ao palco do Centro de Cultura Basílio Conceição 13 composições que em suas letras valorizam características, lugares e histórias da cidade. O corpo de jurados que selecionaram as composições inscritas e que avaliarão as performances no palco conta com nomes como Sidney Bretanha, Jélson Domingues, Roberto Luzardo, Élton Bretanha e Rogério Luerce músicos e compositores com experiência em produção musical. Com premiação de 1º lugar R$ 1000,00, 2º lugar R$500,00 e 3º lugar R$ 300,00 e mais troféus para intérprete, instrumentista, música mais popular e campeão de audiência, medida através das curtidas nos vídeos divulgados pela organização na página do evento  na Rede Social Facebook, o festival promete uma noite memorável relembrando os grandes festivais realizados na Terra de Basílio Conceição, músico e compositor que levou o nome de Arroio Grande nos grandes festivais e que é um dos grandes ícones da cultura popular arroio-grandense.

Músicas selecionadas para o festival:

- DAQUELE LUGAR - de Júnior Ebeling, Mateus Vidal e Rafael Christ;

- SAUDADE - de Rafael Christ;

- ENCHENTE TRAIÇOEIRA - de Afonso Reyes e Maicon Paiva

- ESSA É MINHA TERRA, ESSE É MEU CHÃO - de Carlos Santos da Silva Furtado;

- VOU SEGUINDO MEU CAMINHO (NA TERRA QUE ME CRIEI) - de Carlos Santos da Silva Furtado;

- CONTOS - de Sibelli Botelho e Gabriel Freitas;

- CANÇÃO PRA MINHA INFÂNCIA - de Sibelli Botelho;

- ALCUNHA - de Jones Lacerda;

- MEDO - de Soundtrack;

- FRASES SOLTAS - de Soundtrack;

- ANAMNESE - de Marina Vidal e Miguel Vidal;

- MINHA TERRA - de Pívo MC e JahL;

- COISA BOA ESSE LUGAR - de Anibal Silveira.


Fonte: Rádio Difusora de Arroio Grande-RS
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.