Bernardino Souza

Quando eu era pequeno e fazia alguma arte ou desrespeito meu velho pai (foto), que nos deixou num dia 05 de maio, do ano de 1994 (portanto hoje faz 23 anos de ausência e saudade), dizia:

- Isto é falta de laço.

E seguidamente o laço (ou a vara de marmeleiro) pegava mesmo. Contudo, não deixei de gostar de meu velho por conta destas atitudes mais bruscas e hoje até lhe agradeço pois me fez um homem reto e digno.

Pois bombeando o que fizeram com nossos monumentos em Porto Alegre e Pelotas (ver postagem abaixo) eu repito a frase de meu velho pai em relação a estes pichadores e depredadores:

- Falta de laço.

(e não me venham os entendidos dizer que estou incitando a violência pois esta, quem cometeu primeiro foram eles).


Fonte: blog do Léo Ribeiro
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: