A Comissão Organizadora do 10º Canto Missioneiro da Música Nativa, reunida na noite de ontem (26), deliberou pela desclassificação da música ‘Mala “veia” de garupa’, décima colocada na Fase Local, do referido Festival.

Com isso, a primeira suplente ‘Meu chasque missioneiro’ passa a integrar as músicas classificadas. Tal medida teve que ser adotada em função de que ao revisar a documentação dos autores das melodias de ‘Mala “veia” de garupa’ e ‘Dois Corações’ constatou-se que possuíam os mesmos números de CPF, o que fere o regulamento do Festival conforme o artigo a seguir:

Art. 7º – Não existe limite para o número de composições a serem inscritas, sendo que poderá classificar-se no máximo 01 (uma) composição por autor, individualmente ou em parceria.

É importante salientar que a adoção desta providência demonstra a forma honesta, límpida e transparente com a qual estão sendo conduzidas todas as ações relativas ao Canto Missioneiro, particularmente no que se refere ao processo de triagem, seleção e divulgação das obras inscritas.

Santo Ângelo, 27 de Abril de 2017.


Neusa Cavalheiro
Presidenta 10º Festival Canto Missioneiro

Luciano Freitas
Coordenador 10º Festival Canto Missioneiro


Fonte: portal Identidade Campeira
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário:

0 comments: