Classificadas para o 1º Festival da Canção Nativa Flor de Maio


O 1° Festival da Canção nativa Flor de Maio será realizado nos dias 28 e 29 de Abril de 2017 na cidade de Três de Maio/RS. A comissão será formada pelo poeta Gujo Teixeira, pelo violonista e compositor Maykel Paiva e pelo intérprete e compositor Ruggiero Saciloto.


Musicas Classificadas

1 - Analalogia- milonga
Maximiliano Moraes
M: Juliano Moreno Rodrigues
Alegrete e Livramento

2 - Classificados da alma- chamame
L/M Apolinario Queiroz Filho
Foz do Iguaçu

3 - Claudiomiro Balsemão- chamarra
L: Evair Suarez Gomez
M: Juliano Gomes/Andre André Teixeira
Livramento/São Gabriel

4 - Florinda- chamame
L: Lucas Ramos
M: Rodrigo Morales
Porto Alegre

5 - Curandeira Santa fé- polca
L: Lisandro Amaral
M:Lisandro Amaral/Cristian Camargo
Bagé e Pelotas

6 - Herança Vazia- milonga
L: Jacson Guanaco de ley
M: Marcos Alves
Santa Rosa

7 - Trançado- milonga
L: Juliano Santos
M: Zulmar Benitez
Bagé e Manoel Viana

8 - Silêncio- milonga
L: Mauricio Oliveira/Deivid Damasceno
M:Richard Pereira/Junior Pereira
Pelotas

9 - No esporaço do galo- milonga
L:Mateus Neves da Fontouraura/Rafael Chiapetta
M: Matheus Leal
Cachoeira do sul e São Gabriel

10 - Inquietude- milonga arrabalera
L: Xiru Antunes
M: Zé Renato Zé Renato Borges Daudt
Porto Alegre e Pelotas

11 - O amor pela querência- chamame
L: José Donairo Neto
M: Edilberto T. Neto
Santa Maria e São Gabriel

12 - No passar das horas- rasguido doble
L: Rodrigo Bauer
M: Matheus Alves
São Borja e Porto Alegre


Fonte: portal Identidade Campeira
Marcadores: , ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.