Carta Em Defesa de fundações é redigida e assinada por dezenas de artistas e intelectuais

Manifestantes se reuniram no Chalé da Praça XV, na Capital, em oposição ao fechamento de instituições de pesquisa
Foto: Camila Domingues / Especial



Segundo matéria do Jornal Zero Hora, de hoje, 10 de janeiro, uma Carta Em Defesa de fundações foi redigida e assinada por dezenas de artistas e intelectuais, reunidos em grande número nas dependências do Chalé da Praça XV, em Porto Alegre.

Eles tentam abrir um canal de diálogo com o Governo Sartori, apesar de a Assembleia Legislativa já ter votado e aprovado o fechamento de diversos órgãos culturais e de pesquisa em projeto proposto pelo Piratini.

— Estamos nos opondo a essa suposta economia com as extinções e reivindicando a possibilidade de falar a partir da sociedade civil. Não é um sindicato, não é uma entidade. É a sociedade civil por meio da ciência e da cultura querendo declarar coisas e ser ouvida pelo governador. Estamos querendo montar uma alternativa com debate e discussão — afirmou o escritor Luís Augusto Fischer, um dos organizadores da mobilização.

O documento é assinado por mais de 60 personalidades do Rio Grande do Sul, entre os quais os músicos Vitor Ramil e Ernesto Fagundes, os escritores Martha Medeiros e Luis Fernando Veríssimo, além de outros.

Então nosso blog deixa a pergunta: - Quantas pessoas preocupadas com o fechamento do IGTF (Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore) estavam presentes no ato?



Fonte: blog do Léo Ribeiro
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.