Califórnia, na placa e na pedra


Neste final de semana passado aconteceu mais uma "amostra" da Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana, realizada com artistas da região, mais com o intuito de marcar presença do que realmente reviver a época áurea dos festivais através de mais uma verdadeira edição do festival que foi o pioneiro, o ícone, de todo o movimento nativista que hoje palidamente observamos.
 
Atolada em dívidas, a Califórnia não pode acontecer enquanto não saldar seus diversos débitos. Enquanto isto, sem utilizar o nome deste evento que lançou tantos nomes e tantos clássicos, os abnegados uruguaianenses vão fazendo o que podem, ou seja, amostras do festival.
 
E os sonhos de ter uma casa exclusiva para realização do maior e mais importante encontro musical nativista rio-grandense de todos os tempos, vão ficando na placa e na pedra. Uma lástima!


Fonte: blog do Léo Ribeiro

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.