"A lei do campo", por Severino Moreira

Ovinos:

Diz o ditado: “Ovelha não é pra mato”, portanto, se achar alguma no mato está doente ou abichada.

As ovelhas sempre dormem no mesmo lugar. Lugar este que os campeiros chamam de “parador”. Quando uma ovelha dispara o rebanho inteiro, geralmente, corre para o mesmo lado.

Em dias de chuva, algumas ovelhas mais fracas não conseguem levantar no parador devido ao peso da água na lã. Por isso, os campeiros precisam revisar o parador após a chuva para levantar esses animais, pois além de não se alimentarem, são presas fáceis aos predadores, inclusive os corvos que atacam seus olhos.

Hoje a tosquia é com máquinas, mas antigamente era com tesoura de esquilar. A mesma usada para tosar crinas de cavalos. Quando a tesoura cortava uma ovelha curavam com carvão de corticeira ou até com carvão e óleo queimado.

A ovelha, assim como o cavalo, se vê a idade através dos dentes.

Extraído do livro Os chás & a fé, Martins Livreiro
Fonte: blog do Rogério Bastos
Marcadores: ,

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.