André Teixeira e grupo na interpretação da música vencedora


Encerrada na madrugada desta segunda-feira, a 23ª Estância da Canção Gaúcha, festival que aconteceu nos dias 23, 24 e 25 de setembro no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas, em São Gabriel.
Também foi realizada a Estancinha, festival para intérpretes infanto-juvenis.

Confere os premiados:

23ª Estância da Canção Gaúcha

Primeiro Lugar: Nos Braços da Madrugada
Letra: Edilberto Teixeira (in memoriam)
Melodia: André Teixeira
Interpretação: André Teixeira

Segundo Lugar: Encanto
Letra: Volmir Coelho
Melodia: Volmir Coelho.
Interpretação: Volmir Coelho

Terceiro Lugar:  Alçado
Letra: Matheus Neves da Fontoura/Hugo Pedroso
Melodia: Robledo Martins.
Interpretação: Cristiano Fantinel e Alex Haar

Melhor Intérprete: Cristiano Fantinel -  Décima do Arrependido

Melhor Instrumentista: Mauro Silva – Gaita Botoneira - Atalhos
Melhor Melodia: Assim Será - chamarra - Fabrício Harden.
Melhor Poesia: Encanto  - Volmir Coelho

Melhor Tema Campeiro: Virando Lonca
Letra: Rodrigo Bauer
Melodia: Matheus Alves
Interpretação: Ângelo Franco

Melhor Conjunto Instrumental: Alçado
Violão Solo: Halber Lopes
Violão Solo: Marcelinho Carvalho
Violão Base: Rafael Veiga
Guitarron: Geovani Silveira

Mais Popular: Galopeando
Letra: Lisandro Amaral
Melodia: Edilberto Bérgamo.
Interpretação: André Teixeira e Guilherme Collares

Revelação: Marcelo Bassualda - Encanto
Melhor Indumentária: André Teixeira
Troféu Incentivo Cultural: Alex Silveira
Troféu Amadrinhador: Marina Arce

Estancinha

Primeiro Lugar Piá: Amanda Miranda Lauxen
Primeiro Lugar Mirim: Anna Laura Cornel


Texto e foto: Caderno 7
Fonte: blog Ronda dos Festivais, de Jairo Reis
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: