Ivi Maraé vence voto popular no Desafio Farroupilha


Será conhecido neste sábado (17) o grande vencedor do "Desafio Farroupilha, Dança das Invernadas". Exibido em oito capítulos, o reality de danças tradicionais gaúchas chega ao fim depois de contar as histórias dos oito grupos semifinalistas, dos quais dois obtiveram vaga para a final: CTG Tiarayu, de Porto Alegre, e CTG Ronda Charrua, de Farroupilha. Hoje foi anunciado o vencedor do voto popular, o GAN Ivi Maraé, de São Leopoldo (foto abaixo).


O “desafio” apresentado aos dois finalistas pela dupla César Oliveira & Rogério Melo, protagonista do especial, é coreografar uma carreira de cancha reta, competição de cavalos típica do interior do Rio Grande do Sul. Quem melhor realizar a tarefa será o vencedor.

Ambos os grupos apresentarão a coreografia preparada durante 30 dias, ao vivo, no programa especial Bah, Desafio Farroupilha, que a RBS TV apresenta a partir das 13h50min deste sábado, direto do Acampamento Farroupilha. O site G1 RS também transmite o especial pela internet.

Antes, no Jornal do Almoço, será exibido o último episódio do reality, em que César e Rogério acompanham a montagem das danças e a rotina de ensaios.

No capítulo final, o programa revela os bastidores da preparação. Em busca da perfeição, os grupos têm realizado ensaios de madrugada e também aos finais de semana. E prometem uma série de “efeitos especiais”.

Num vídeo postado nas redes sociais, dançarinos do Ronda Charrua aparecem numa oficina mecânica, montando a estrutura dos cavalos que serão utilizados na apresentação. Já a invernada do Tiarayu enfrenta um desafio a mais: está tendo que ensaiar em um CTG emprestado de Alvorada, porque a sede da entidade está com restrições de funcionamento por causa do barulho.

Voto popular

O Grupo de Artes Nativas Ivi Maraé, de São Leopoldo, conquistou a preferência do público ao somar cerca de 1/3 dos mais de 185 mil votos coletados pelo portal G1 RS. A história da invernada comoveu a dupla César e Rogério, por não ter local para ensaiar. Até oficinas mecânicas servem de tablado para os dançarinos treinar para concursos e rodeios.

“Cada ensaio do grupo é um desafio, terminamos um ensaio sem saber onde será o próximo. Estamos muitos felizes com a repercussão do Desafio e com certeza isso marcará uma nova era no Ivi Maraé”, comemora o patrão Juliano Carlos.

Veja o resultado completo da votação: 

 

por Giovani Grizotti
Fonte: espaço Repórter Farroupilha junto ao portal G1
[blogger][facebook]

Italo Dorneles

{picture#https://scontent.fcwb2-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20031980_1559156280771539_4826566830380784332_n.jpg?_nc_cat=0&oh=31056e35fc0ba042b61a3b826bd6d603&oe=5BD0DC01} O editor Ítalo Oliveira Dorneles é gaúcho, natural de Canguçu e hoje residente e domiciliado em Arroio Grande. Advogado, atua nas mais diversas áreas do Direito. Apaixonado pela cultura gaúcha, já participou (como integrante e ensaiador) de diversos grupos de danças e também participou de festivais de declamação. Desde 2008 edita, administra e mantém o PROSA GALPONEIRA. {facebook#https://www.facebook.com/italo.dorneles} {twitter#http://twitter.com/italodornelesrs} {google#https://plus.google.com/+ÍtaloDorneles} {youtube#http://www.youtube.com/c/%C3%8DtaloDorneles} {instagram#https://www.instagram.com/italodornelesrs}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.