Segundo o folclorista Paixão Côrtes, que fala em tom de brincadeira, é claro, quando começam a te homenagear é porque não te resta muito tempo de vida.

Pois então a minha está na reta final, pois a semana passada foi de homenagens e reencontros.

Começou na quinta-feira, quando comemoramos 30 anos de formandos do Curso de Direito da PUC. Colegas que eu não via há muitos anos estavam lá, com suas histórias de lutas. Muitos morreram, outros estão bem longe, mas as recordações de todos afloraram naquela noite.

Sexta-feira foi dia da seção onde trabalhei os últimos anos no Ministério da Defesa (meu órgão de origem é o Ministério da Fazenda) prestar-me uma linda e emocionante homenagem pela passagem de minha aposentadoria que ocorre hoje, segunda-feira, dia 22 de agosto. Ganhei uma simbólica baioneta adaptável ao fuzil "mosquetão" dos tempos em que se guerreava olhando nos olhos do inimigo, além de dizeres que me fizeram chorar.

Sábado, sob chuva e frio, a "velha guarda" do CTG Rodeio Serrano reuniu-se no Galpão Aconchego dos Gaudérios para darmos boas risadas de tempos idos.

É isto que se leva (ou se deixa) da vida.

Confira as fotos no blog do Léo Ribeiro, clicando aqui.
 

Fonte: blog do Léo Ribeiro
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: