Apresentadora do "Galpão Crioulo" gravou o primeiro DVD na carreira de cantora
Foto: Eduardo Rocha / Divulgação

DVD, que mistura show e documentário, foi o primeiro na carreira da cantora


Tirando Mary Terezinha, nenhuma outra cantora conseguiu a popularidade de Shana Müller na música regional gaúcha. E como Mary, na maior parte da carreira, fez dupla com Teixeirinha, pode-se dizer que Shana é, individualmente, o mais conhecido nome de mulher dessa história.

Mesmo que sua familiaridade com o palco venha da infância, ela precisou de pouco tempo para se impor em um cenário dominado por homens. Canto de interior, seu primeiro DVD, resume essa história em duas partes: um show no palco armado na fazenda da família no município de Júlio de Castilhos e um documentário recheado de conversas atuais e vídeos de várias épocas (ela prendinha menina, adolescente, estreando como apresentadora do programa da RBS TV Galpão crioulo, com sua maior influência, Mercedes Sosa, e tal).

Por um tempo, Shana mesclou a música com o jornalismo. Mas o terceiro disco, Brinco de princesa (2010), já avisava que a música falaria mais alto. E a chegada ao Galpão crioulo, em agosto de 2012, foi o que faltava para o estrelato. Hoje, prova o DVD, ela está pronta para investir no Brasil.

Muito bem realizado pela produtora Estação Filmes, Canto de interior abre com um amanhecer no campo ao som dos animais. À noite, em ambientação ao mesmo tempo rústica e refinada, o show sublinha com naturalidade o momento mais alto da carreira da cantora. Entre chamamês e milongas, o roteiro combina clássicos como Piazito carreteiro (Luiz Menezes) e Ñangapiri (Tarragó Ros), canções inéditas na voz de Shana como Chama-me (Gisele De Santi), Flor de ir embora (Fátima Guedes), Velas pra todos os santos (Antonio Villeroy) e sucessos dela como Outra campereada (Pirisca Grecco/Túlio Urach), No fio da milonga (Érlon Péricles) e Abre essa gaita (Érlon/Zelito).

Além dessas, Érlon tem outras três, uma delas entre as mais bonitas, a milonga romântica El alma vuela, só a voz de Shana e o piano de Cristian Sperandir – que divide a instrumentação com Felipe Barreto (violões), Glauco Vieira (acordeão), Lucas Esvael (baixo) e Vaney Bertotto (bateria), uma banda muito coesa. Convidados: Luiz Carlos Borges, Duca Leindecker, Zelito e o Buenas e m'espalho.

CANTO DE INTERIOR
De Shana Müller
DVD dirigido por Rene Goya Filho, com direção musical de Duca Leindecker, Estação Filmes, GM/2 Música, R$ 30, à venda em minuanodiscos.com.br.



Por Juarez Fonseca
Fonte: jornal Zero Hora / Música
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: