Terminados os jogos Olímpicos que, mesmo contra todas as previsões negativas, foi um sucesso e mostrou que o povo brasileiro ainda tem autoestima, apesar dos diversos contratempos que ocorreram, o que é natural num evento deste porte, também percebemos, mais uma vez, que na visão dos encarregados da abertura e encerramento, o Brasil só existe, culturalmente falando, do Rio de Janeiro para cima. Já estamos acostumados com isto. Nós, gaúchos, somos alienígenas dentro da própria terra. O que tem valia é samba, frevo e bumba-meu-boi....

Mas nós mesmos pouco nos valorizamos. Nossa TV Estatal, em toda sua grade de programação, tem apenas um programa voltado para as nossas tradições. As demais emissoras de canal aberto? Com exceção da RBS TV, não lembro de nada significativo.

Por esta razão ergo as mãos para o céu quando o canal 12 coloca em sua tela, por longos minutos, um projeto como o Desafio Farroupilha. Nesta hora não procuro critérios do citado projeto, apenas vibro com a sua aparição. Os pormenores, as formas de escolha das invernadas (tem muito grupo reclamando que o estilo de dança Paixão Côrtes foi penalizado), realmente não me chamaram a atenção. Gostei da ideia como um todo e de vê-la projetada na maior rede de comunicação do Sul. Pena que a maioria destas promoções culturais tenham voz e vez, aqui mesmo no Rio Grande do Sul, no iminente mês dos Gaúchos. De toda a forma, melhor assim do que nada.



Fonte: blog do Léo Ribeiro
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: