Na noite de ontem (23.06) ocorreu a homenagem do Centro de Tradições Gaúchas – Estância da Liberdade pelo seu aniversário de 30 anos, na Câmara de Vereadores de Novo Hamburgo.

Compôs a mesa diretora:

Vereador Enio Brizola.
Fábio Saul – Patrão do CTG Estância da Liberdade.
Carlos Alberto Moser – Coordenador da Trigésima Região Tradicionalista.
Marcio Leandro Oliveira – Patrão do CTG Estância da Liberdade no período de 2010 à 2012.
Luiz Franzen – Aspirante a Cavaleiro Farroupilha, orador e sócio do CTG Estância da Liberdade.

Compôs a Tribuna de honra nesta noite:

Mara Siveris – Agregada das pilchas no período de 2010 à 2014.
Elsio Siveris – Sócio e colaborador na reconstrução do Galpão.
João Irineu Henkes – Também conhecido como “bombacha” e sócio mais antigo do CTG na atualidade.
Marciano Fiuza – Capataz no período de 2012 à 2016.
João Jackes – Sota-capataz no período de 2014 à 2016 e atual primeiro Capataz Campeiro do CTG.
Auri Alves – Ex-sócio e idealizador da Cavalgada da Amizade.

"O CTG Estância da Liberdade, com sede à rua Miranda, 203, foi fundado em 18 de Junho de 1986 por um grupo de amigos moradores do Bairro Liberdade, que idealizavam um local onde pudessem reunirem-se para cultuar as tradições gaúchas. Teve como idealizador desse projeto, o Senhor Francisco das Chagas, conhecido popularmente por “Chiquito”.

Nos primeiros encontros deste grupo de tradicionalistas, definiu-se por homenagear o Bairro onde o CTG está localizado, no nome da entidade, e definiu-se também o seu lema, “CTG Estância da Liberdade – Cultuando as Tradições”.  De lá pra cá, muita coisa foi feita, e todos que passaram pelo CTG, deixaram suas contribuições na defesa da cultura gaúcha, tornando-o conhecido e reconhecido por todo o Estado.

Com o passar dos anos o galpão envelhecia, e entre os anos de 2010 e 2011, o mesmo precisou ser reconstruído. Contou para isto, com o apoio dos seus sócios incansáveis para que a obra fosse feita com maestria. Hoje o Galpão do Estância da Liberdade é o maior da cidade, e arrisco a dizer que é um dos maiores do Estado. Neste ano, comemora 30 anos de história, e conta atualmente, com mais de 250 colaboradores, entre titulares e dependentes. Seus Patrões atuais são Fábio e Maristela Saul, que participam ativamente da entidade desde o ano de 2007 e estão no seu terceiro mandato consecutivo.

O Departamento Artístico do Estância, além de modalidades individuais, como declamação, chula, canto e trova, mantém atualmente os Grupos de Danças Tradicionais: Pré-Mirim, Mirim, Juvenil, Adulta e Veterana, onde se reúnem em torno de 140 dançarinos, que participam de diversos rodeios, levando o nome deste importante CTG da nossa cidade Rio Grande afora. As invernadas artísticas: Juvenil e Adulta, além de seus ensaios e apresentações, mantém gratuitamente aulas de Danças Tradicionais, para criança 5 à 10 anos, em parceria com as escolas do bairro e arredores, fazendo com que a criança cultive o gosto pela arte gaúcha na própria escola.

Também conta com um premiadíssimo Departamento Campeiro o qual leva o nome da Entidade à vários rodeios no Estado e no Brasil. Ainda possui o Departamento de Cavalgadas, o qual além de participar de diversos eventos de outras entidades, também promove a Cavalgada da Amizade reconhecida oficialmente pelo MTG e que ocorra anualmente no mês de Julho".


Fonte: portal Macanudo Gaúcho
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: