Bolo de Erva-Mate leva cobertura feita com leite condensado
Foto: Flávia Tomasini/Divulgação



Localizada no Vale do Taquari, Ilópolis é cidade que mais produz erva-mate no Rio Grande do Sul. Um projeto estimula o usa da planta como ingrediente na merenda escolar. Entre as receitas servidas para os alunos, está o bolo de erva-mate. Veja o passo a passo:


Além de facilitar o processo digestivo, a erva-mate possuiu vitimas C e D. A nutricionista Thais Ghelen ressalta a importância de incluir o vegetal no cardápio das crianças e adolescentes.

"Um dos estudos mais recentes é de que a erva-mate tem poder antioxidante prevenindo doenças cardiovasculares, então nada mais importante que estar agregando isso a alimentação escolar", explica Thais.

Ingredientes para o bolo:
- 2 xícaras de água fervente
- 1 uma xícara de erva-mate
- 4 ovos
- 2 xícaras de açúcar
- 1 xícara de óleo
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 colher de sopa de fermento químico

Modo de preparo:
1 - Faça um chá com a erva-mate e a água fervente, mexa bem a mistura, coe e reserve. Bata as claras em neve com a metade do açúcar e reserve.
2 - Bata as gemas, com o restante do açúcar e adicione o chá de erva-mate, batendo por mais 5 minutos. Aos poucos, acrescente a farinha peneirada.
3 - Com a batedeira desligada, acrescente as claras e o fermento. Mexa delicadamente. Coloque a massa pra assar em uma forma untada.

Ingredientes para a cobertura:
- 1 xícara de leite condensado
- suco de 1 limão

Modo de preparo:
Mistura e leite condensado com o suco de limão e bata até formar um creme consiste. Espalhe sobre o bolo ainda morno.

Veja o vídeo, clicando aqui.


Fonte: portal G1 - Rio Grande do Sul
Axact

#ProsaGalponeira

O Prosa Galponeira é um portal voltado para a divulgação da cultura gaúcha, amplamente diversificado, trazendo notícias sobre os festivais nativistas, shows - agenda de artistas, rodeios, eventos em CTGs, MTG e CBTG, artigos culturais, histórias e personalidades marcantes da nossa cultura, entre outras informações e histórias. E-mail: prosagalponeira@gmail.com.

Poste o seu comentário: